Lição Para Formação de Obreiros Para o Reino de Deus - Estudos Bíblicos

Buscar
Ir para o conteúdo

Menu principal:

Lição Para Formação de Obreiros Para o Reino de Deus

Teologia do Obreiro II
_____________

FORMAÇÃO DE PREGADORES DO REINO DE DEUS

2 Timóteo 2:15
 “Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade.”

INTRODUÇÃO

Enganam-se todos os que pensam que para pregar a Palavra de Deus de forma producente é necessário recorrer aos “Hors concours”, com as mais rebuscadas mensagens, por valores inacessíveis à Eleita do Senhor, desconhecido da Igreja, e pior ainda: não tendo nenhum compromisso com ela. O bom, vantajoso, e producente é se valer da prata da casa. A prata da casa não veio à toa, mas foi suada e trazidas pelas orações das irmãs do Circulo de Oração, e até mesmo das crianças. Pela distribuição de literaturas feita por aqueles mais simples, que evangeliza simplesmente pela impulsão do Espírito Santo. Evangeliza pelas suas custas não afã de ver a Casa de Deus crescer quantitativa e qualitativamente. Àqueles, para os quais, mesmo percebendo um salário pequeno, nunca encontra dificuldades para doar uma Bíblia, não usada, mas, nova para um novo convertido.

PREGUE COM O BOM PORTE DE VIDA
 
A verdadeira pregação se faz, acima de tudo com bom testemunho, com humildade e compaixão pelas almas, com exemplo de vida – podendo pregar na rua em que mora, na porta da farmácia em que compra, na porta da mercearia, do supermercado que entrega a compra em casa. Não sou triunfalista, mas recomendo: à medida em que você investir na obra de Deus, Ele investirá na tua vida (Mateus 6:33). Pregue segundo a homilia de Jesus! É, incomode o povo da terra, mas, não com gritarias, e modos, trejeitos esquisitos, mas, incomode a todos os moradores da terra, assim como Pedro e João, na Porta do Templo, chamada Formosa! É isto mesmo! Com sinais e maravilhas! Com poder do alto! Agite o mundo, assim como, João Batista no deserto. Provoque um alvoroço da forma que Paulo e Silas provocaram quando estavam encarcerados em Filipos! (Atos 16).
 
PREGUE COM INTELIGÊNCIA
 
Pregue procurando entender se o auditório está te entendendo. Seja coerente consigo mesmo, e muito mais ainda, com a Igreja de Deus! Mantenha a postura de um homem de Deus, sem uso de cacoetes. Se o operador de áudio estiver surdo, e o som estiver muito alto, despreze o microfone! Faça isto, que o povo de Deus ficará satisfeito. Não seja inconveniente às pessoas de bom senso – não force o auditório a gritar, a pular, a praticar modos que não coadunam com o que o Espírito Santo realmente quer. Você somente fala, suavemente, mas com poder. Fale somente a Palavra e deixa o mover, o batizar, curar, falar as línguas dos anjos, profetizar, interpretar, com cânticos espirituais acontecerem! Deixe a manifestação dos dons por conta de quem os têm! Estou me referindo ao Espírito Santo!
 
 SEJA SUBMISSO AO ESPÍRITO SANTO

Dê um espaço para o Espírito do Senhor! Se porventura durante o seu sermão você ver lágrimas rolando pelo rosto dos irmãos – agradeça a Deus, porque eles estão reconhecendo que há um profeta no meio deles. Nunca prometa que vai acontecer coisas extraordinárias no final do culto. Deixe que estas acontecem segundo a vontade de Deus. Você somente fala. Cumpra fielmente a tua parte que o Espírito do Senhor fará a Dele. Ele te honrará, com certeza. Finalmente, recomendo, que, antes de você começar a falar, quer seja em pregação, em culto de doutrina, Santa Ceia, nas reuniões do ministério, de obreiros, em assembleias gerais e nos cultos ao ar-livre – fale primeiro com Jesus! Faça isto, fale primeiro com Ele! Fazendo assim, não tenho dúvida de que você será considerado como um humilde servo de Deus! Jamais me ousei assomar ao púlpito sem antes conversar com Ele, com Jesus! Fazendo assim, as reuniões que você for dirigir jamais será lugar de formação de questiúnculas, jamais! Jamais você sairá dela morrendo de raiva, Jamais! Jamais você a concluirá sem edificar os seus liderados, Jamais! Jamais você ouvirá resmungos e críticas pelo que você haja exposto, Jamais! Seja ousado sim! Fazendo suas as palavras de Paulo: Sede meus imitadores, assim como eu sou de Cristo (1Coríntios 11:1).
 
CONCLUSÃO
 
Deixe o povo assustado, incomodado, pensativo, assustado, mas, simplesmente pelo que DEUS FEZ, porque o teu rosto pode brilhar durante a pregação! E se brilhar o teu rosto, claro que dificilmente você conseguirá falar algo mais - porque a estas alturas o Espírito do Senhor inundou a Igreja! Aí sim, este é o momento em que Jesus salva, batiza, cura e concede dons aos Seus santos. Se a manifestação do poder de Deus inundar a Igreja, desligue o teu microfone. Essa nunca foi e nem é hora para que uma pessoa comece a cantar. Com o pregador CALADO e os cantores também e todos os equipamentos de som desligado, inclusive os intrumentos - aí sim, aí quem está com a Palavra é o Espírito Santo do Senhor e consequentemente a operação de muitos milagres e maravilhas! Somente assim, até mesmo por uma questão de RESPEITO!
 _____________


Com Fraterno Amor
Em Cristo Jesus
Pr. Jorge Albertacci
 
 
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal