Deus Está Pedindo: Filho Meu Dá-me o Teu Coração - Estudos Bíblicos

Buscar
Ir para o conteúdo

Menu principal:

Deus Está Pedindo: Filho Meu Dá-me o Teu Coração

Estudos Bíblicos II
O PEDIDO DE DEUS
(Provérbios 23:26a)
“Filho meu, dá-me o teu coração”

______________

 
INTRODUÇÃO
 
Quando Deus pede o coração do homem, Ele não está pedindo simplesmente o músculo cardíaco que bombeia o sangue para todo corpo. Na verdade, o pedido de Deus é no sentido figurado, Ele pede o coração, que é a sede do intelecto do ser humano, bem como, dos sentimentos e da vontade – Deus pede a essência daquilo que vai no profundo da alma, onde somente a Palavra Viva é capaz de penetrar.
 
"Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as saídas da vida" (Provérbios 4:23).
 
"A palavra “coração”, tanto em grego quanto em hebraico, chegou a significar aquilo que é central. O Coração é o alicerce da vida física, mental e espiritual. Normalmente é usado com referência a coisas, mas nessas ocasiões tem o sentido de “ponto central” (Ex 15:8). Raramente a palavra “coração” é usada como uma referência ao órgão físico (2 Sm 18:14; 2 Rs 9:24). Como o centro da vida física, o “coração”, no sentido do corpo inteiro, pode ser fortalecido com comida e bebida (Gn 18:5; Jz 19:5; At 14:17; Tg 5:5). Como o centro da vida mental e espiritual, o termo é usado de várias maneiras.
 
1. O homem interior: Com este sentido, o coração tem segredos e é inescrutável (SI 44:21; Pv 25:3).

2. O centro mental: O coração conhece (Dt 29:4; Pv 22:17), entende (Is 44:18; At 16:14), medita (Lc 2:19), considera (Ex 7:23) e se lembra (Is 42:25).
 
3. O centro emocional: E o trono da alegria (Is 65:14), da coragem (SI 27:14; 2 Sm 17:10), da dor ou aflição (Pv 25:20), da ansiedade (Pv 12:25), do desespero (Ec 2:20), da tristeza (Ne 2:2) e do medo (Dt 28:28). O medo também é expresso como “estar desfalecido ou ferido” (Lm 5:17; SI 109:22).
 
4. O centro moral: Deus prova o coração (SI 17,3; Jr 12:3), vê o coração (Jr 20:12), aperfeiçoa (SI 26:2) e esquadrinha o coração (Jr 17:10). O homem pode ter um coração mau (Pv 26:23), pode ser ímpio no coração (Jó 36:13) e pode ser perverso ou enganoso no coração (Pv 11:20; 17:20). No entanto, a obra de Deus lhe dá um coração puro (SI 51:10) e novo (Ez 18:31; 36:26). O coração também é o trono da consciência (Hb 10:22; cf, 1 Jo 3:19-21) e é o que recebe o amor e a paz de Deus (Em 5:5; Cl 3:15). É a residência do Espírito e do Senhor" (2 Co 1:22; Ef 3:17). (Wycliffe Bible Dictionary - Casa Publicadora das Assembleias de Deus).
 
 
MORADA DE DEUS
 
“Respondeu Jesus: Se alguém me ama, guardará a minha palavra; e meu Pai o amará, e viremos para ele e faremos nele morada” João 14:23.
 
Em 1 Coríntios 6:19   Paulo, praticamente, reitera as palavras de Jesus: Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos?
 
OS PRÉ-REQUISITOS
 
Sacrifício nenhum faz parte dos pré-requisitos para sermos morada de Deus. Os pré-requisitos são: 1) –Aceitar o Senhor Jesus como nosso único e suficiente Salvador; 2) – Amar o Senhor Jesus sem quaisquer reservas; 3) - Guardar a Sua santa Palavra no coração e amar as pessoas sem exceção. A recomendação do Senhor, inclusive, é para que se alguém tiver inimigo, que estes também sejam amados da mesma forma em que se ama o amigo. Graças a Deus que essa dificuldade não faz parte da minha vida – Jesus, com Seu amor, me protegeu de forma que nunca tive nenhum inimigo. Mas isso não é porque eu sou bonzinho. Não! Foi a ação da graça que me alcançou.
 
Deste modo, sendo nós, através do Espírito Santo, habitação de Deus, e Templo do Seu Santo Espírito – queiramos ou não, carregamos em nosso corpo as marcas do Evangelho de Cristo. O mundo vê isto em nós, não temos como negar (Mateus 26:69-74).
 
Que privilégio! Podemos ser indicados como o endereço do Pai, do Filho, e do Espírito Santo aqui neste mundo. E mundo conhece! Vê! Distingue muito bem!
 
AS MARCAS
 
Enquanto  Jesus enfrentava o interrogatório no Sinédrio. O sumo sacerdote invocou o nome de Deus para exigir uma resposta do acusado à sua pergunta: “Eu te conjuro pelo Deus vivo que nos digas se tu és o Cristo, o Filho de Deus” (Mateus 26:63 - Marcos 14:62). À arguição,  Jesus foi incisivo: “Eu sou, e vereis o Filho do Homem assentado à direita do Todo-Poderoso e vindo com as nuvens do céu”.

O Mestre não foi omisso em nada, confessou toda verdade. Pedro não tendo coragem de entrar onde Jesus estava ficou do lado de fora. Não tenho dúvida de que ele tenha sentido medo, porque não fazia muito tempo que ele havia cortado a orelha de Malco, servo do sumo sacerdote (João 18:15)
 
CONCLUSÃO
 
Como santos do Senhor - Ele sentirá imenso prazer, podendo falar aos que O procuram: “Apontado para nós, dizendo: Eu moro aqui!” Deus pode contar com você para fazer morada em sua vida? Ele se sentirá em casa estando em seu coração? Ou você resistirá ao Seu apelo quando disse: - Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e com ele cearei, e ele, comigo?” (Apocalipse 3:20).
 
Atenda hoje mesmo o apelo do Mestre Amado, dando-lhe o teu coração!
 
 __________

 
No Senhor,
Pr. Jorge Albertacci
Volta Redonda – Rio de Janeiro - 07-09-2014
 
 
__________


APÊNDICE
 
Provérbios 4:23
 
"Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as saídas da vida" 

 
O seu coração determina a sua vida. Isto pode ser o provérbio mais importante. O favor ou a tristeza em sua vida depende do controle e do treinamento do seu coração. Se você dirigir e instruir o o seu coração com coisas piedosas, não há limite para o seu sucesso potencial diante de Deus e dos homens.

Cada pecado começa no seu coração, e o seu caráter e a sua maneira de falar refletem o seu coração. Você só pode fingir ser diferente do seu coração por um curto período, pois ele rapidamente reassume o controle e dita as suas ações. Os outros conhecem o seu coração pelas suas palavras e escolhas.

Davi era um homem segundo o próprio coração de Deus (At 13:22). Que descrição! Este deveria ser o seu alvo na vida! Mas Davi guardava o seu coração através de um cuidadoso autoexame, confissão, amizades, cânticos, etc. Sl 4:4; 4:4; 9:1;15:2; 17:3; 19:8,12,14; 24:4; 26:2; 27:3,8,14; 28:7; 32:11; 34;18; 37:31; 51:10,17; 57:7; 61:2; 62:8,10; 66:18;77:6; 84:2; 86:11-12; 101:2-5; 108:1; 111:1; 112:7-8; 119:11,32,36,63,111; 139:23-24; 131:1; 141:4-5).

O seu coração é o seu bem maior, pois pode fazer mais por você do que qualquer outra coisa. E ele é bem mais do que o músculo batendo 70 vezes por minuto em seu peito. Você precisa considerar e valorizar a parte mais interna que é a área de tomada de suas decisões e que ama determinadas coisas e escolhe o que fazer acima de outras coisas. Aprenda a colocar as suas afeições em coisas boas (Col 3:2; Matt 6:21).

Você pode manter um bom coração, ou você pode deixar que ele se torne mau. Você pode ser diligente neste projeto, ou pode ser preguiçoso. Os filhos de Deus possuem um velho homem que os tenta com o mal, mas o seu novo homem os convoca para a piedade. Seu coração precisa escolher com frequência entre os dois. É uma série de escolhas que toda pessoa deve tomar a cada dia. O que você vai fazer neste dia?

O que você tem em seu coração transparece em sua vida. Se o seu coração está cheio de boas coisas, sua vida vai mostrar essa bondade; se o seu coração está cheio de pensamentos pecaminosos, a sua vida vai revelá-las. Os grandes testes e decisões que você vai enfrentar na vida dependem do seu coração, e da mesma forma, as pequenas escolhas que fazemos centenas de vezes ao dia.

O seu coração é puro? Você está trabalhando para mantê-lo puro hoje? Você sabia que a preguiça nesta questão trará severos problemas e dor em sua vida? Você precisa eliminar a entrada de informações negativas em seu coração, i.e., entretenimento Hollywoodiano, amigos tolos ou pecadores, e músicas mundanas. Você pode alimentar o seu coração com músicas piedosas, a Bíblia, oração e amigos santos.

O Senhor Jesus condenou os fariseus por darem importância às aparências exteriores do homem; e ao invés disto Ele enfatizou o coração do homem. Ele disse o seguinte em duas passagens diferentes: “Raça de víboras, como podeis falar coisas boas, sendo maus? Porque a boca fala do que está cheio o coração. O homem bom tira do tesouro bom coisas boas; mas o homem mau do mau tesouro tira coisas más.”(Mt 12:34-35). “Mas o que sai da boca vem do coração, e é isso que contamina o homem. Porque do coração procedem maus desígnios, homicídios, adultérios, prostituição, furtos, falsos testemunhos, blasfêmias.” (Mt 15:18-19).

O pecado começa no coração. A luxúria por um pecado atrai o seu coração, e assim você fica a com siderando. Se você pensar o suficiente a respeito, você vai executá-la. E o resultado dessa escolha é a morte. Proteja-se mantendo o seu coração diligentemente afastado de pensamentos pecaminosos(Tg 1:13-16). Deus enviou o Dilúvio para afogar o mundo por causa das suas más imaginações (Gn 6:5), portanto odeie quaisquer más fantasias.

Considere um coração mau e veja como ele afeta várias questões da vida. Fantasiar sexualmente levará à imundície, fornicação, adultério, ou o defraudar o seu cônjuge – tudo porque você permitiu pensamentos pecaminosos em seu coração. O mesmo é verdade a respeito de amargura para com outros, cobiçar coisas que você não tem, orgulho, ambição excessiva, inveja, e outros pecados semelhantes.

De que forma você pode manter um coração puro? Proteja-o das influências para o pecar (Sl 101:3; ICo 15:33), e alimente-o com influências para a santidade (Sl 119:11 e 63; Sl 101:6). Afaste-se da coisas más, e gaste o seu tempo com pensamentos e coisas boas (Fp 4:8). Na realidade isto é bem simples, mas isto exige um comprometimento pessoal forte e disciplina para praticá-la.

Considerando que até pensar em tolices é pecado (Pv 24:9), e desejar outra mulher é adultério em seu coração (Mt 5:28), você deve examinar com frequência o seu coração com a ajuda do Senhor (Sl 139:23-24). Esconder as escrituras em seu coração pela leitura, meditação e memorização lhe protegerá ainda mais dos pensamentos pecaminosos (Ps 119:9,11,15,105).

Jesus Cristo vê clara e completamente o seu coração(Hb 4:12-13), e, por isso ele recompensará a diligência se Ele ver um coração fiel (IICr 16:9), e Ele punirá a tolice se Ele ver ídolos ali estabelecidos(Ez 14:3-8). É tolice pensar que Ele não vê cada idéia e pensamento do seu coração (Jr 17:9-10; Ap 2:23). Ele conhece você melhor do que você conhece a si mesmo.

Da mesma forma como Davi guardou o seu coração você pode guardar e aperfeiçoar o seu. Lembre-se, ele teve o cuidado e a fidelidade de examinar a si mesmo, a confessar os seus pecados, a orar, a se alegrar na palavra de Deus, de só escolher bons amigos, de dar graça e cantar louvores a Deus. Estes exercícios do coração manterão o seu coração nobre e justo, e guardando-o desta forma trará os favores de Deus.

Salomão lhe ensinou a se dedicar a temer a Deus a cada dia. Em outra passagem ele escreveu, “Não tenha o teu coração inveja dos pecadores; antes, no temor do Senhor perseverarás todo dia” (Pv 23:17). O apóstolo Judas colocou isto de outra maneira: “Guardai-vos no amor de Deus, esperando a misericórdia de nosso Senhor Jesus Cristo, para a vida eterna” (Judas 1:21). Você pode e é capaz de parar de amar e de temer a Deus, se você permitir que o pecado endureça o seu coração (Hb 3:12-13). Nunca se esqueça deste provérbio e com a ajuda e a força de Deus, guarde com diligência o seu coração.
 
(Este apêndice é parte integrante do SITE: http://www.letgodbetrue.com/portuguese/proverbs/commentaries/04_23.php)

__________

 

 Jorge Albertacci
Pastor Emérito da Assembleia de Deus do Retiro
Volta Redonda - RJ
E-mail - prjorgealbertacci@yahoo.com.br 




 

 
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal