Um culto de Ação de Graças em Siquém - Estudos Bíblicos

Buscar
Ir para o conteúdo

Menu principal:

Um culto de Ação de Graças em Siquém

Estudos Bíblicos
Josué 24:1-33

INTRODUÇÃO
 
Depois de quarenta anos de peregrinação pelo deserto, às vezes sem água, às vezes sem pão, cansados, sofrendo ainda com a perda de seu líder maior, Moisés. Finalmente chegam ao final! Josué na liderança, com a autoridade que nunca impôs, mas que, com o tempo adquiriu do Senhor, enfim, conclama o povo para o culto em Ação de Graças.

CONVOCAÇÃO PARA O CULTO

Depois, ajuntou Josué todas as tribos de Israel em Siquém e chamou os anciãos de Israel, e os seus cabeças, e os seus juízes, e os seus oficiais, e eles se apresentaram diante de Deus. – PARA O CULTO! (Josué 24:1).
 
PROGRAMAÇÃO DO CULTO

LOCAL – Siquém
TEXTO – Josué  24:1-33
PRELETOR - Josué
TEMA – Ação de Graças pela conquista da Terra Prometida
APELO
BÊNÇÃO
A PRESENÇA DE JESUS NO CULTO

OBEDIÊNCIA
 
Obedientes e felizes compareceram em massa, deixando para nós o exemplo de que nunca devemos desanimar, mas, levarmos a efeito com fidelidade o que Deus nos confiou a fazer. Afinal de contas, Deus havia cumprido a promessa que fizera aos pais - diante disto, motivos para estarem alegres é o que não lhes faltava e a celebração de Ação de Graças seria sobretudo, um ato de gratidão a Deus.
 
HOMENAGENS – A QUEM HONRA, HONRA
 
É importante notar que Josué não esqueceu de fazer menção dos nomes dos outros valorosos homens de Deus que foram antes dele, deixando com isto, um legado digno de ser lembrado. Valores que se foram; foram, mas seus nomes marcaram de forma indelével a história dos filhos de Deus, de forma que ainda hoje, nos últimos dias da Igreja na terra, tiramos o exemplo de abnegação e inteira dedicação a Deus. Nunca esquecendo das atribuições devidas aos que antes de nós, em terra fértil, plantaram as primeiras sementes, visando sempre o Reino de Deus.

MENSAGEM

Versículos 1 ao 13.
 
“Enfim, com todos reunidos no lugar preparado,  Josué passou dizer a todo o povo: Assim diz o SENHOR, Deus de Israel: Dalém do rio, antigamente, habitaram vossos pais, Tera, pai de Abraão e pai de Naor, e serviram a outros deuses.  Eu, porém, tomei a Abraão, vosso pai, dalém do rio e o fiz andar por toda a terra de Canaã; também multipliquei a sua semente e dei-lhe Isaque.  E a Isaque dei Jacó e Esaú; e a Esaú dei a montanha de Seir, para a possuir; porém Jacó e seus filhos desceram para o Egito.  Então, enviei Moisés e Arão e feri ao Egito, como o fiz no meio dele; e depois vos tirei de lá. E, tirando eu vossos pais do Egito, viestes ao mar; e os egípcios perseguiram vossos pais, com carros e com cavaleiros, até ao mar Vermelho.   E clamaram ao SENHOR, que pôs uma escuridão entre vós e os egípcios, e trouxe o mar sobre eles, e os cobriu, e os vossos olhos viram o que eu fiz no Egito; depois, habitastes no deserto muitos dias.  Então, eu vos trouxe à terra dos amorreus, que habitavam dalém do Jordão, os quais pelejaram contra vós; porém os dei na vossa mão, e possuístes a sua terra; e os destruí diante de vós.  Levantou-se também Balaque, filho de Zipor, rei dos moabitas, e pelejou contra Israel; e enviou e chamou a Balaão, filho de Beor, para que vos amaldiçoasse.  Porém eu não quis ouvir a Balaão, pelo que, abençoando-vos ele, vos abençoou; e livrei-vos da sua mão.  E, passando vós o Jordão e vindo a Jericó, os habitantes de Jericó pelejaram contra vós, os amorreus, e os ferezeus, e os cananeus, e os heteus, e os girgaseus, e os heveus, e os jebuseus; porém os dei na vossa mão.  E enviei vespões diante de vós, que os expeliram de diante de vós, como a ambos os reis dos amorreus, e isso não com a tua espada, nem com o teu arco.  E eu vos dei a terra em que não trabalhastes e cidades que não edificastes, e habitais nelas; e comeis das vinhas e dos olivais que não plantastes”
 
RECOMENDAÇÕES FINAIS

Versículo 14 – Josué 4:21/24
 
“Agora, pois, temei ao SENHOR, e servi-o com sinceridade e com verdade, e deitai fora os deuses aos quais serviram vossos pais dalém do rio e no Egito, e servi ao SENHOR.
 
PRESERVANDO A HISTÓRIA PARA A POSTERIDADE
 
 “E falou aos filhos de Israel, dizendo: Quando no futuro vossos filhos perguntarem a seus pais, dizendo: Que significam estas pedras?  Fareis saber a vossos filhos, dizendo: Israel passou em seco este Jordão. Porque o SENHOR, vosso Deus, fez secar as águas do Jordão diante de vós, até que passásseis, como o SENHOR, vosso Deus, fez ao mar Vermelho, que fez secar perante nós, até que passamos.  Para que todos os povos da terra conheçam a mão do SENHOR, que é forte, para que temais ao SENHOR, vosso Deus, todos os dias.”
 
 “Agora, pois, perante os olhos de todo o Israel, a congregação do SENHOR, e perante os ouvidos do nosso Deus, guardai e buscai todos os mandamentos do SENHOR, vosso Deus, para que possuais esta boa terra e a façais herdar a vossos filhos depois de vós, para sempre” (1Crônicas 28:8).

APELO E CONVERSÃO EM MASSA
 
“Porém, se vos parece mal aos vossos olhos servir ao SENHOR, escolhei hoje a quem sirvais: se os deuses a quem serviram vossos pais, que estavam dalém do rio, ou os deuses dos amorreus, em cuja terra habitais; porém eu e a minha casa serviremos ao SENHOR.  Então, respondeu o povo e disse: Nunca nos aconteça que deixemos o SENHOR para servirmos a outros deuses;  porque o SENHOR é o nosso Deus; ele é o que nos fez subir, a nós e a nossos pais, da terra do Egito, da casa da servidão, e o que tem feito estes grandes sinais aos nossos olhos, e nos guardou por todo o caminho que andamos e entre todos os povos pelo meio dos quais passamos.  E o SENHOR expeliu de diante de nós a todas estas gentes, até ao amorreu, morador da terra; também nós serviremos ao SENHOR, porquanto é nosso Deus.  Então, Josué disse ao povo: Não podereis servir ao SENHOR, porquanto é Deus santo, é Deus zeloso, que não perdoará a vossa transgressão nem os vossos pecados.  Se deixardes o SENHOR e servirdes a deuses estranhos, então, se tornará, e vos fará mal, e vos consumirá, depois de vos fazer bem.  Então, disse o povo a Josué: Não; antes, ao SENHOR serviremos.” (Josué 24:15-21).

O EXEMPLO
 
(15) Eu e minha casa serviremos ao Senhor”

A mensagem é mais importante que o mensageiro. O encanamento que leva a água para as residências precisa estar em adequada condições para não poluir o líquido precioso e Josué possuía essas qualidades. Ele indicava, mas, não impunha a ninguém com a autoridade que tinha, mas, seu testemunho de fé diante de Deus e de todo povo foi o suficiente para leva-los ao quebrantamento e renderem-se ao Senhor!

DECISÃO
 
(16-18) “Então, respondeu o povo e disse: Nunca nos aconteça que deixemos o SENHOR para servirmos a outros deuses;  porque o SENHOR é o nosso Deus; ele é o que nos fez subir, a nós e a nossos pais, da terra do Egito, da casa da servidão, e o que tem feito estes grandes sinais aos nossos olhos, e nos guardou por todo o caminho que andamos e entre todos os povos pelo meio dos quais passamos.  E o SENHOR expeliu de diante de nós a todas estas gentes, até ao amorreu, morador da terra; também nós serviremos ao SENHOR, porquanto é nosso Deus.”
 
É importante notar que através da pregação de Josué, o povo reconheceu seu estado de PECADOR; reconheceu em Josué o PREGADOR e a Deus como CRIADOR e PROVEDOR.

O TESTEMUNHO DOS NOVOS CONVERTIDOS
 
(17) Porque o SENHOR é o nosso Deus; ele é o que nos fez subir, a nós e a nossos pais, da terra do Egito, da casa da servidão, e o que tem feito estes grandes sinais aos nossos olhos, e nos guardou por todo o caminho que andamos e entre todos os povos pelo meio dos quais passamos.

A pregação de Josué mexeu com o coração do povo e com isto a resposta ao apelo foi positiva.

COMFIRMAÇÃO
 
(21, 24) “Não! Antes ao SENHOR serviremos -  E disse o povo a Josué: Serviremos ao SENHOR, nosso Deus, e obedeceremos à sua voz!”
 
UMA DECISÃO CONSCIENTE

A decisão do povo não foi precipitada – não foi simplesmente emocional – Josué não levou o povo ao emociolalismo, nem ao delírio inconsequente - Josué foi incisivo em suas palavras a semente caiu em terra fértil – não à beira da estrada – em meio à pedras.

O COMPROMISSO
 
(25) “Assim fez Josué concerto com o povo”
 
JESUS ESTAVA PRESENTE CONFIRMANDO A PRESENÇA DA TRINDADE
 
(26-27) “Ele é a pedra angular que os edificadores rejeitaram...”  Jesus é o tema central em toda a Bíblia...

O ENCERRAMENTO
 
(28) “Então, Josué despediu o povo.”

A BÊNÇÃO
 
(28) “Cada uma para sua herdade!”
Tomaram posse da bênção...

REFERÊNCIAS SOBRE JESUS EM SIQUÉM

“Toma a vara e ajunta a congregação, tu e Arão, teu irmão, e falai à rocha perante os seus olhos, e dará a sua água; assim, lhes tirarás água da rocha e darás a beber à congregação e aos seus animais.” - (Números 20:8).

“E Moisés e Arão reuniram a congregação diante da rocha, e Moisés disse-lhes: Ouvi agora, rebeldes: porventura, tiraremos água desta rocha para vós?” - (Números 20:10).

“Então, Moisés levantou a sua mão e feriu a rocha duas vezes com a sua vara, e saíram muitas águas; e bebeu a congregação e os seus animais” -  (Números 20:11).

“A pedra que os construtores rejeitaram, essa veio a ser a principal pedra, angular” - (Salmos 118:22).

“Pois isso está na Escritura: Eis que ponho em Sião uma pedra angular, eleita e preciosa; e quem nela crer não será, de modo algum, envergonhado” – (1 Pedro 2:6).

“E beberam todos de uma mesma bebida espiritual, porque bebiam da pedra espiritual que os seguia; e a pedra era Cristo” – (1 Coríntios 10:4).
 
Jorge Albertacci
Pastor Emérito da Catedral das Assembleias de Deus do Retiro
Rua Engenheiro Joaquim Cardozo, 448 - Retiro - 27275-130 - Volta Redonda - Rio de Janeiro

Para formular o presente Estudo tive como fonte de pesquisa coadjuvante:
Bília Sagrada 3.0 ARC/1995 - SBB
Pontos Salientes - JUERP - Rio de Janeiro




 
 
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal