Aos que lideram na Igreja do Senhor Jesus - Estudos Bíblicos

Buscar
Ir para o conteúdo

Menu principal:

Aos que lideram na Igreja do Senhor Jesus

Teologia do Obreiro
_________

O Rebanho do Senhor Jesus e os Ministros de Negócios

Ezequiel 34:1-16; João 10:11-13 
2Timóteo; 4:1-41Pedro 5:2-4  

INTRODUÇÃO

A Bíblia relata na Carta do Apóstolo Paulo aos Efésios 4:11-16 que: 11 E ele mesmo deu uns para apóstolos, e outros para profetas, e outros para evangelistas, e outros para pastores e doutores, 12 querendo o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do corpo de Cristo, 13 até que todos cheguemos à unidade da fé e ao conhecimento do Filho de Deus, a varão perfeito, à medida da estatura completa de Cristo, 14 para que não sejamos mais meninos inconstantes, levados em roda por todo vento de doutrina, pelo engano dos homens que, com astúcia, enganam fraudulosamente. 15 Antes, seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo, 16 do qual todo o corpo, bem-ajustado e ligado pelo auxílio de todas as juntas, segundo a justa operação de cada parte, faz o aumento do corpo, para sua edificação em amor.

PASTOR DA IGREJA LOCAL

É dever do pastor proceder com as  ovelhas, assim como Jesus procedeu, dando  a Sua própria vida por elas. A vida do pastor deve ser um exemplo digno de ser seguido por todos os fiéis, no meio da sua família, no meio da Igreja, no meio da sociedade - a vida do pastor tem que ser sempre segundo os preceitos da Palavra de Deus. As pessoas, quer sejam membros da Igreja ou não, estão lendo suas vidas todos os dias, os exemplos têm mais força do que as palavras destes minitros da Igreja do Senhor Jesus. Daí a necessidade do pastor nunca abandonar o desvelho recomendado por Jesus ao lidar com as ovelhas que são todas Dele. Jesus precisou de um pastor para Suas ovelhas e dentre os demais discípulos Ele chamou Pedro. Jesus não escalou Pedro para apascentar assim como se contrata um profissional secular. Pedro quando inquirido por Jesus, teve que responder três vezes seguidas: eu te amo, eu te amo, eu te amo. Antes de amar as ovelhas, é necessário que o pastor devote amor a Jesus, o dono do rebanho.

DA ITINERÂNCIA MINISTERIAL

Nos tempos em que os pastores locais gozavam da mais ampla confiança de todos pertencentes às comunidades, da mesma forma os itinerantes gozavam também. Só que, considerando os escândalos, por corrupção, falta de ética, falta de crença, falta de pudor, falta de fé, falta de temor, falta de moral que tem alcançado às tribunas de muitas Igrejas, o exercício do ministro itinerante se tornou pouco confiável. Me lembro bem, quando nas décadas de 1950, até a de 1970, a presença do pastor itinerante, ou de um cantor, na Igreja era motivo de muitas alegrias. Os itinerantes com uma vida de oração, sempre traziam ricas experiências vividas que motivavam a Igreja de forma que, muuitas almas se convertiam ao Senhor, bênçãos de cura divina, batismo no Espírito Santo, não contando o despertamento duradouro que estes transferiam para as Igrejas. Claro que, quanto ao sistema depravado da atualidade, não posso de forma alguma generalizar, porque conheço muitos tanto pregadores como cantores, que não sedem às tentaçoes por nada. São fiéis ao santo minstério que Deus confiou a cada um deles. Há anos passados havia alguns, que na verdade ainda estão ministrando a palavra através da pregação ou da música, que quando estavam por aqui preferiam hospedar na nossa casa, e não eram poucos. Eles preferiam ficar aqui em casa. Dentre estes só me lembro de um que passou a estar com Jesus na eternidade há uns três anos. Teve um outro que ourou pela Alcenir que estava tomando cloridrato de sertralina de 75mg, sem ela conhece-lo ele orou por telefone e ela nunca mais foi preciso fazer uso deste antidepressivo - agora neste epísódio do coração dela, ele de forma tão amorosa não somente orou como convocou o Brasil à oração por ela - refiro-me ao pastor Felipe Santana.
MINHAS RECOMENDAÇÕES

Não permitam que pessoas que usam chavões recheados de palavrões, piadas e se alegram com atos obscenos, cante, pregue ou pratique qualquer outra ministração na Igreja que o Espírito Santo de Deus lhe confiou.


Não permitam cantores heréticos, que negam a Trindade de Deus, ou que suas músicas contenham termos de dupla conotação, pejorativos ou até mesmo palavrões, cante com os santos que estão sob seus cuidados pastorais, porque no final, você como líder, seguirá com estes para o mesmo caminho da imoralidade, ou seja, para o inferno.
 
Jamais permitam que “...instituições missionárias duvidosas...” se aninhem no meio do rebanho do Senhor, porque além do rebanho ficar atordoado, acaba ainda, achando que você não faz nada. Que você não sabe nada. Eles vêm com tanta autoridade em busca de dinheiro que é capaz de te humilhar perante a Igreja.
 
Estas instituições além de subestimar sua capacidade ministerial, bem como as dos obreiros que tanto lhe ajudam, ainda levam todos os centavinhos da Igreja e dos incautos irmãos. São raríssimas as exceções!
 
Não permitam que pregadores caros, preguem nem de graça para o rebanho que lhe foi confiado para apascentar, porque estes, em detrimento da exegese, praticam somente o oposto, ou seja a eisegese, para levar os seu rebanho ao êxtase inconsequente, e tudo quanto você aprendeu do Espírito Santo e passou para eles vai para o brejo, e indubitavelmente, você também. Ainda mais, classificando você como servo infiel.

CONCLUSÃO

 Conselhos para o povo de Deus

Eu, que também sou presbítero, dou agora conselhos aos outros presbíteros que estão entre vocês. Sou uma testemunha dos sofrimentos de Cristo e vou tomar parte na glória que será revelada. Aconselho que cuidem bem do rebanho que Deus lhes deu e façam isso de boa vontade, como Deus quer, e não de má vontade. Não façam o seu trabalho para ganhar dinheiro, mas com o verdadeiro desejo de servir. Não procurem dominar os que foram entregues aos cuidados de vocês, mas sejam um exemplo para o rebanho. E, quando o Grande Pastor aparecer, vocês receberão a coroa gloriosa, que nunca perde o seu brilho.  E vocês, jovens, sejam obedientes aos mais velhos. Que todos prestem serviços uns aos outros com humildade, pois as Escrituras Sagradas dizem: “Deus é contra os orgulhosos, mas é bondoso com os humildes!” Portanto, sejam humildes debaixo da poderosa mão de Deus para que ele os honre no tempo certo. Entreguem todas as suas preocupações a Deus, pois ele cuida de vocês. Estejam alertas e fiquem vigiando porque o inimigo de vocês, o Diabo, anda por aí como um leão que ruge, procurando alguém para devorar. Fiquem firmes na fé e enfrentem o Diabo porque vocês sabem que no mundo inteiro os seus irmãos na fé estão passando pelos mesmos sofrimentos. Mas, depois de sofrerem por um pouco de tempo, o Deus que tem por nós um amor sem limites e que chamou vocês para tomarem parte na sua eterna glória, por estarem unidos com Cristo, ele mesmo os aperfeiçoará e dará firmeza, força e verdadeira segurança. (1Pedro 1:11).


A ele seja o poder para sempre! 

Amém! 

Saudações no Senhor!
_________


30/12/2014

Pr. Jorge Albertacci
 
Jubilado da Assembleia de Deus do Retiro
Volta Redonda/RIO DE JANEIRO
 

 
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal