Como o Espírito Santo Atua na Vida do Crente em Cristo - Estudos Bíblicos

Buscar
Ir para o conteúdo

Menu principal:

Como o Espírito Santo Atua na Vida do Crente em Cristo

Doutrinas do Espírito Santo
_____________

AS FORMAS QUE O ESPÍRITO SANTO ATUA NA VIDA DO CRENTE
 
Isaías -51:11 - Lucas 11:13; João 20:22
 

E ungido e inteirado: 1João 2:27 - E a unção que vós recebestes dEle, fica em vós e não tem necessidade de que alguém vos ensine, mas, com a Sua unção vos ensina todas as coisas, e é verdadeira, e não é mentira - Está convencido - é sábio - não se envolve com doutrinas escusas.
 
Está sempre entusiasmado: Para evangelizar, para ajudar aos necessitados, e para testemunha r de Jesus.
 
É de Deus: Romanos 8:9 - Vós porém, não estais na carne, mas no espírito, se é que o Espírito Santo de Deus habita em vós, mas se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dEle.
 
Não vai ficar embaixo da terra: Romanos 8:11 - E se o Espírito daquele que dos mortos ressuscitou a Jesus habita em vós, aquele que dos mortos ressuscitou a Cristo, também vivificará os vossos corpos mortais, pelo Espírito que habita em vós.
 
Tem certeza de que é filho de Deus: Romanos 8:16 - O mesmo Espírito, testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus.
 
Está Liberto: Romanos 8:1-5 - Portanto agora, nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o espírito.
 
Aprende na faculdade do Céu: 1Coríntios 2:13 - As quais também falamos, não com as palavras de sabedoria humana, mas com as que o Espírito Santo ensina.
 
Está vazio das coisas do mundo: 1Coríntios 3:16-17  - Não sabeis vós que sois o templo de Deus, e que o Espírito de Deus habita em vós. Se alguém destruir o templo de Deus, Deus o destruirá; porque o templo de Deus que sois vós é santo.
 
Está selado, e marcado: para ser propriedade exclusiva de Deus: Efésios 1:13 -
Em quem também vós estais, depois que ouvistes a palavra da verdade, o evangelho da vossa redenção; e tendo nele crido, fostes selados com o Espírito da Promessa.
 
Já recebeu a parcela inicial: por conta do que vai no receber no céu em seu poder: Efésios: 1:14 - O qual é o penhor da nossa herança, para redenção da possessão de Deus, para louvor da Sua glória. 
 
A CHAMA PENTECOSTAL
 
O  Movimento Pentecostal teve sua origem no Dia de Pentecostes, quando o Espírito Santo foi derramado sobre a Igreja (At 2.2). Desde então a chama do Espírito Santo tem se mantido acesa nos corações de muitos crentes ao longo dos anos. Ela chegou ao Brasil com os missionários Daniel Berg e Gunnar Vingren. Não podemos deixar que esta chama se apague! O Espírito Santo é um Ser pessoal que busca relacionar-se com o homem. No desenvolvimento deste relacionamento, o Espírito Santo protagoniza o papel de condutor da Igreja. Sob Sua direção, a Igreja caminha na “estrada” da Graça de Deus buscando ser a principal testemunha de Jesus Cristo de Nazaré. Lições EBD – CPAD 03 de Abril de 2011.
 
 
Recebeu no Dia de Pentecostes: Atos 1:5, 8 - Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria, e até aos confins da terra. Glorifiquemos a Deus que nos concedeu do seu poder, da sua unção, da sua graça, as consolações do seu Santo Espírito! Agora podemos testemunhar em todos os lugares da terra, para nações, tribos e línguas! ALELUIA!!!
 
 O ESPÍRITO SANTO EM NÓS
 
Como Ensinador
   •    Ele leva o crente a toda verdade. Ajuda-o na interpretação e compreensão correta da Palavra de Deus dando continuidade à obra iniciada por Cristo no mundo (Mt 10.20; Jo 14.26; 1 Jo 4.1-2).
 
Como Consolador
   •    A obra do Espírito Santo inclui o seu papel como Espírito da Verdade que habita em nós. Ele ensina todas as coisas e faz lembrar tudo o que Cristo disse, além de consolar-nos (Jo 14.16-26; 15.26).
 
Como Promessa
  •    Ele é o penhor que garante a nossa herança futura em Cristo Jesus. É a garantia de Deus de que a Igreja é propriedade exclusiva dEle, operando poderosamente no Corpo de Cristo (Ef 1.13-14). “E eu rogarei ao Pai e ele vos dará outro Consolador, para que fique convosco para sempre” (Jo 14.16).
 
Quem é o Espírito Santo?
   •    O Espírito Santo é o agente da salvação.
   •    O Espírito Santo é o agente da santificação.
   •    O Espírito Santo reveste os crentes para o serviço do Senhor.
   •    O Espírito implanta os crentes no corpo místico de Cristo, que é sua Igreja.
 
A PERSONALIDADE DO ESPÍRITO SANTO
 
1. O Espírito Santo tem personalidade. Você sabe o que é personalidade? De acordo com o pastor Antonio Gilberto, “é o conjunto de atributos de várias categorias que caracterizam uma pessoa”. As Escrituras mostram com clareza e simplicidade que o Espírito Santo é uma pessoa. Suas ações evidenciam esta verdade. Ele ensina (Jo 14.26), testifica (Jo 15.26), guia (Rm 8.14) e intercede por nós (Rm 8.26). Ele possui qualidades intelectivas: “Mas Deus no-las revelou pelo seu Espírito; porque o Espírito penetra todas as coisas, ainda as profundezas de Deus” (1 Co 2.10,11). De acordo com Ron Rhodes, a palavra grega para penetrar significa “investigar profundamente”. No versículo 11, a Palavra de Deus afirma que o Espírito Santo “sabe” os pensamentos de Deus.
 
2. O Espírito Santo tem emoções. “E não entristeçais o Espírito Santo de Deus, no qual estais selados para o Dia da redenção” (Ef 4.30). Sim, o Espírito se entristece ante a desobediência consciente, crescente e contínua do homem para com Deus (Is 63.10). E a tristeza é algo que somente uma pessoa pode experimentar. Quando pecamos, entristecemos o divino Consolador que em nós habita. Deixemos de lado, pois, tudo que possa entristecê-lo (Ef 4.25-29).

3. O Espírito Santo tem vontade. “Mas um só e o mesmo Espírito opera todas essas coisas, repartindo particularmente a cada um como quer” (1 Co 12.11). O texto bíblico mostra a vontade e a soberania do Espírito Santo. Segundo Ron Rhodes, a palavra grega bouletai, traduzida por “querer”, refere-se à decisão proveniente da vontade, após deliberação prévia, caracterizando o exercício volitivo de uma pessoa. Lições EBD – CPAD – 03 de Abril de 2011.
 
CONCLUSÃO
 
Precisamos conhecer melhor o Espírito Santo, pela nossa total e continua rendição e comunhão com Ele para entendermos devidamente suas manifestações. Ele não é um mero símbolo ou uma energia celestial. É a Terceira Pessoa da Santíssima Trindade. Ele é Deus. Como Igreja de Cristo, mantenhamos a comunhão com o Espírito Santo, o Espírito de santidade e de vida, a fim de preservar os ensinos e os valores bíblicos que fundamentam a fé pentecostal. À luz dos acontecimentos, vemos uma conexão clara entre as verbalizações inspiradas pelo Espírito no Antigo Testamento e experiências comparáveis às de pessoas no pré-pentecostes, incidentes neotestamentários registrados em Lucas 1 a 4. Isso traz à compreensão correta de que o conceito de profetizar é focalizado na fonte e não necessariamente inclui um elemento preditivo. Mas esses registros no Evangelho de Lucas antecipam os derramamentos maiores e mais inclusivos do Espírito registrados no livro de Atos. Será instrutivo ver como as experiências de crentes com o Espírito em Atos se relacionam com aquelas de seus predecessores. Essa volta ao Antigo Testamento e Lucas 1 a 4 para uma compreensão do cumprimento da profecia de Joel é indispensável, porque estabelece uma ligação clara entre as experiências dos crentes do Novo Testamento e aquelas dos tempos antigos” (PALMA. A. D. O Batismo no Espírito Santo e com Fogo: Os Fundamentos Bíblicos e a Atualidade da Doutrina Pentecostal. 1.ed., RJ: CPAD, 2002, pp.54.55).

_____________


Jorge Albertacci
Atualmente Pastor Emérito da Catedral das 
Assembleias de Deus do Retiro
Presidida desde de 2008 pelo Pastor Pedro Gonçalves da Luz
Rua Engº Joaquim Cardozo, 448 - Retiro - 27281-360  
Volta Redonda - Rio de Janeiro
 
 
 
 
 
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal