A concupiscência dá à luz o pecado e a morte - Estudos Bíblicos

Buscar
Ir para o conteúdo

Menu principal:

A concupiscência dá à luz o pecado e a morte

Artigos
Para desenvolver este assunto, compartilhemos o texto sagrado contido na Carta de Tiago 1:14-16, onde diz assim:

“Mas cada um é tentado, quando atraído, e engodado pela sua própria concupiscência. Depois, havendo a concupiscência concebido, dá à luz o pecado, e o pecado gera a morte. Não erreis meus amados irmãos. Amém!”

A BÍBLIA É BEM CLARA QUANDO NOS REVELA QUE:

A Concupiscência dá a luz o pecado e à morte. Concupiscência quer dizer apetite carnal desordenado, desenfreado, desejo constate em dar expansão aos desejos carnais.

Não há nenhum mal no fato do servo de Deus ser despertado pela concupiscência, e se defrontar com a tentação, desde que ele esteja vigiando, e orando, o grande perigo reside em o servo de Deus dar cordas à concupiscência, dar atenção a esse meio que o diabo largamente usa para empurrar as pessoas incautas para o inferno.

CONCUPISCÊNCIA QUE UMA VEZ CONCEBIDA, GERA A MORTE

Dificilmente o homem ou a mulher entende o que significa para ele ou ela pecar, até que se defronte com o pecado na forma de morte. Quando já estiver sido praticamente derrotado física e espiritualmente, pelo pecado, já aparentemente em um beco sem saída.

Ainda bem que muitos encontram tempo nos CTIs dos hospitais, em um cubículo na cadeia, ou mesmo em casa, movido pelas mãos dos outros, arrasados pelo pecado, mas que ainda alcançam essa sublime oportunidade, e por ela se escapa da morte física e eterna, mas uma expressiva parte destes, não alcançam esse privilégio e partem-se para a eternidade morrem sem a salvação que Cristo nos deu na Cruz.

Este conceito de Tiago é confirmado no ensino do apóstolo Paulo, quando escreve que:

“O SALÁRIO DO PECADO É A MORTE, MAS O DOM GRATUITO DE DEUS É A VIDA ETERNA POR CRISTO JESUS NOSSO SENHOR.”
(Rm 6:23).

Meu leitor amado, você não pode trocar esta salvação maravilhosa que Cristo te deu de graça na cruz, por uma festa mundana, como o carnaval e outras mais que acontecem todas as noites. Você é um privilegiado, Jesus morreu por você, e você parece não se dá conta disto, deixe o pecado, abandone a concupiscência e livra tua alma do inferno, livra a tua alma do fogo do inferno, venha para Jesus.

Após apelar para a inteligência dos seus leitores contemporâneos e bem como nós hoje, Tiago conclui rogando no versículo 16:

“Não erreis, meus amados irmãos”.

Em Cristo, temos o escape e Paulo enfatiza sobre isto em sua Carta aos Romanos 5:7-12:

“Porque apenas alguém morrerá por um justo; pois poderá ser que pelo bom alguém ouse morrer. Mas Deus prova o seu amor para conosco em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores. Logo, muito mais agora, sendo justificados pelo seu sangue, seremos por ele salvos da ira. Porque, se nós, sendo inimigos, fomos reconciliados com Deus pela morte de seu Filho, muito mais, estando já reconciliados, seremos salvos pela sua vida. E não somente isto, mas também nos gloriamos em Deus por nosso Senhor Jesus Cristo, pelo qual agora alcançamos a reconciliação. Pelo que, como por um homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado, a morte, assim também a morte passou a todos os homens, por isso que todos pecaram”.

Ainda na Primeira Carta aos Coríntios, Paulo reitera o que dissera aos Romanos: Porque, assim como a morte veio por um homem, também a ressurreição dos mortos veio por um homem. Porque, assim como todos morrem em Adão, assim também todos serão vivificados em Cristo. (1Coríntios 15:21-22).

Esse escape a nós proporcionado por Cristo Jesus, pagando de uma vez por todas, nossas culpas, morrendo no Calvário, jamais poderá ser tratado com desleixo pelo pecador.

Uma coisa é, para que não sejamos ingratos para com Deus – não acatando o que com tanto amor nos deu, e outra coisa é, livrar nossas almas das garras do diabo. Deus fez tudo, afim de que nenhum se perca, mas o mundo com seus enfeites parece muito melhor, sendo aí que mora o grande perigo.

NA CARTA AOS HEBREUS HÁ A SEGUINTE RECOMENDAÇÃO:

“Portanto, convém-nos atentar, com mais diligência, para as coisas que já temos ouvido, para que, em tempo algum, nos desviemos delas. Porque, se a palavra falada pelos anjos permaneceu firme, e toda transgressão e desobediência recebeu a justa retribuição, como escaparemos nós, se não atentarmos para uma tão grande salvação, a qual, começando a ser anunciada pelo Senhor, foi-nos, depois, confirmada pelos que a ouviram” (Hebreus 2:1-3).

Deus fez tudo, mas, temos que aceitar o que Ele fez, somente aceitar, simples assim. Que Deus com Sua infinita misericórdia abençoe a todos em nome do Senhor Jesus.

Pr. Jorge Albertacci
E-mail: prjorgealbertacci@yahoo.com.br

Assembleia de Deus do Retiro - Volta Redonda – Rio de Janeiro.


 
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal