O Batismo no Espírito Santo - Estudos Bíblicos

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur ad elit.
Morbi tincidunt libero ac ante accumsan.
Estudos Bíblicos
Pr. Jorge Albertacci
Levantai os vossos olhos para as terras que já estão brancas para a colheita. (João 4:35)
Ir para o conteúdo

O Batismo no Espírito Santo

ESBOÇOS > Esboços
 
O Batismo no Espírito Santo
Esboço
Joel 2:28-32 - Atos 2:1-4, 14-21, 37-39
 
O Batismo no Espírito Santo, não é para salvação e nem algo para completá-la, mas, é uma promessa de Deus para os que em Cristo Jesus, pela graça, foram alcançados.
1. A diferença entre o ser cheio do Espírito Santo e o ser batizado no Espírito Santo
... estão explícitas nas exposições abaixo.
2. Os profetas no Velho Testamento já eram cheios do Espírito Santo, mas não alcançaram o batismo no Espírito Santo, essa promessa foi para àquela que já estava na presciência de Deus, desde antes da fundação do mundo, a Igreja.
3. O testemunho de João Batista: Mt 3:11 - Mc  1:8 -Lc  3:16 - Jo  1:33. Doutrinas antibíblicas adotadas por alguns seguimentos religiosos, afirmam que o termo batizará no Espírito Santo usado pelo precursor, João Batista, é algo que acontece quando o pecador aceita o Senhor Jesus; e que o termo batizará com fogo, refere-se a imputação da justiça de Deus ao pecador impenitente, nesse caso, afirmam ser o fogo do inferno. (sem respaldo algum na Palavra de Deus).
4. Estes sinais seguirão aos que crer: falarão novas línguas... Mc  16:17. Afirmam os que esposam doutrinas antibíblicas, que o falar novas línguas, quer dizer que após a conversão, o novo convertido não fala mais palavrões, xinga e outros, (até que há sentido, mas, não faz parte do contexto).
 
5. Os discípulos já estavam limpos - Jo  15:3. Isto quer dizer que: Os discípulos já estavam limpos, já eram discípulos, já haviam se convertido, já estavam salvos, mas não estavam batizados no  Espírito Santo. Não havia se manifestado neles a evidência de falar em línguas. (Mas já estavam limpos, e cheios do Espírito Santo).
 
6. O Espírito Santo ainda não havia sido dado - Jo  7:37-39. (vide Bíblia). No ítem acima Jesus alude sobre o Espírito Santo. (sobre a promessa de Joel 2:28-36).
 
7. Se eu não for, o Consolador não virá - Jo 16:7-14. Fazia-se necessário que Jesus voltasse à direita de Deus, para que a promessa de Joel 2:28-36 se cumprisse. (facílimo de entender).
 
8. Eis que sobre vós envio a promessa, ficai pois em Jerusalém - Lc  24:49. Nesse caso o Senhor já havia morrido na cruz e até ressuscitado, estavam todos cheios do Espírito, já haviam se convertido e vivido literalmente com o Mestre por um período de aproximadamente três anos, mas ainda não estavam batizados com o Espírito Santo. (nem mesmo os apóstolos).
 
9. Após a ressurreição, Jesus assopra o Espírito Santo sobre eles - Jo  20:19-22. Jesus assoprou sobre eles que já estavam todos: Convertidos, limpos (Jo 15:3), salvos, batizados nas águas, por imersão. Más que ainda não estavam batizados com o Espírito Santo.
 
10. Após a ressurreição Jesus reitera a promessa e o médico amado, Lucas escreve: At  1:5. Agora, o dia de Pentecostes estava se aproximando, dentro de poucos dias eles seriam, enfim, batizados no Espírito Santo.
 

O cumprimento da promessa

1. O cumprimento da promessa: At  2:1-4.
 
2. O batismo na casa de Cornélio: At  10:42-48. O apóstolo Pedro estava exatamente onde não devia, na casa de um incircunciso, e fica entendido que a evidência do batismo no Espírito Santo é o falar em línguas.
 
3. O batismo em Éfeso: At  19:1-6. Já havia se passado vários anos, mesmo assim ainda havia crentes que nem sequer sabia de tal promessa. Nesse caso a evidência do batismo foi o falar em línguas.
 
4. As desordens encontradas por Paulo na Igreja de Corinto, as quais ele as combateu veementemente, em sua 1ª carta à aludida Igreja, nos capítulos 12, 13 e 14, jamais serão capaz de anular tão valiosa promessa de Deus. Sua repreensão à Igreja de Corinto, sempre foi com o intuito de pôr ordem na casa, nunca Paulo em suas palavras refutou uma doutrina Bíblica.
 
5. A promessa, diz respeito a vós, vossos filho e a todos - Atos 2:39. O apóstolo Pedro, usado por Deus, já rebatia aos que diziam que a promessa foi somente para os dias apostólicos. Ainda hoje há os que combatem contra a promessa de Joel 2:28-36, mas tem uma coisa: - a promessa é para todos.
 
6. Vale ressaltar que, a promessa foi e é, para todos que crê e que a alma do crente tem sede do Espírito Santo de Deus e que essa sede, nada é capaz de saciá-la, somente a visitação do Espírito de Deus. Somente os incautos, neófitos, estribados em raciocínios tradicionais, acabam se envolvendo com algo que tem um nome tão bonito, que é "Uma Nova Unção" mas que no fundo mesmo, são práticas abomináveis aos olhos do Senhor Jesus.
 

Por Pr. Jorge Albertacci
 
Pastor Jubilado da Assembleia de Deus do Retiro.
Volta Redonda - Rio de Janeiro.
 
Voltar para o conteúdo