Pregadores e Pregações - Estudos Bíblicos

Buscar
Ir para o conteúdo

Menu principal:

Pregadores e Pregações

Seleção de Esboços Especiais
 
______

1

OS PRINCIPAIS MOTIVOS PORQUE DEVO PREGAR O EVANGELHO DE CRISTO

 
- Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho a toda a criatura. (Marcos 16:15);
 
- Porque se anuncio o Evangelho, não tenho de que me gloriar, porque me é imposta essa obrigação, e ai de mim se não anunciar o Evangelho. (1Coríntios 9:16);
 
- Portanto Ide e Ensinai todas as nações, batizando-as em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo. (Mateus 28:19);
 
- Porque não me envergonho de Cristo, pois é o poder de Deus para salvação de todo aquele que crê. (Romano 1:16);
 
- Que pregues a palavra, instes a tempo e fora de tempo, redarguas, repreendas, exortes, com toda a longanimidade e doutrina. (2 Timóteo 4:2);
 
 
- Ide; eis que vos mando como cordeiros ao meio de lobos. (Lucas 10:3);
 
 
- E, depois da lição da Lei e dos Profetas, lhes mandaram dizer os principais da sinagoga: Varões irmãos, se tendes alguma palavra de consolação para o povo, falai. (Atos 13:15);
 
- Quando, pois, vos conduzirem para vos entregarem, não estejais solícitos de antemão pelo que haveis de dizer; mas o que vos for dado naquela hora, isso falai; porque não sois vós os que falais, mas o Espírito Santo. (Marcos 13:11);
 
-  Respondendo, porém, Pedro e João, lhes disseram: Julgai vós se é justo, diante de Deus, ouvir-vos antes a vós do que a Deus;  porque não podemos deixar de falar do que temos visto e ouvido. (Atos 19-20);
 
- Quão suaves são sobre os montes os pés do que anuncia as boas-novas, que faz ouvir a paz, que anuncia o bem, que faz ouvir a salvação, que diz a Sião: O teu Deus reina! (Isaías 52:7);
 
- E como pregarão, se não forem enviados? Como está escrito: Quão formosos os pés dos que anunciam a paz, dos que anunciam coisas boas! (Romanos 10:15);
 
- Que pregues a palavra, instes a tempo e fora de tempo; redarguas, repreendas; exortes, com toda a longanimidade e doutrina. (2Timóteo 4:2);
 
- Se eu disser ao ímpio: ó ímpio, certamente morrerás, e tu não falares, para desviar o ímpio do seu caminho, morrerá esse ímpio na sua iniquidade, mas o seu sangue Eu o demandarei da tua mão.
(Ezequiel 33:8);
 
- Assim vos digo que há alegria diante dos anjos de Deus por um pecador que se arrepende. (Lucas 15:10);
 
- De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus. (Romanos 10:17);
 
- O Espírito do Senhor JEOVÁ está sobre mim, JESUS, porque o SENHOR me ungiu para pregar boas-novas aos mansos; enviou-me a restaurar os contritos de coração, a proclamar liberdade aos cativos e a abertura de prisão aos presos. (Isaías 61:1);
 
- O Espírito do Senhor é sobre mim, pois que me ungiu para evangelizar os pobres, enviou-me a curar os quebrantados do coração. (Lucas 4:18).
 
 
Pr. Jorge Albertacci
Assembleia de Deus do Retiro
Volta Redonda - RJ
______

   

2

FORMANDO PREGADORES PARA O REINO

Enganam-se todos os que pensam que para pregar a Palavra de Deus é necessário discorrer com lindos sermões, rebuscadas mensagens, e às vezes até pagando caro a pregadores de longe, desconhecido da Igreja, e pior ainda: não tendo nenhum compromisso com ela.

O bom mesmo, é se valer da prata da casa. A prata da casa não veio à toa, mas foi suada e trazidas pelas orações das irmãs, de toda Igreja e até mesmo das crianças.

A verdadeira pregação se faz, acima de tudo com bom testemunho, com humildade e compaixão pelas almas, com exemplo de vida – podendo pregar na rua em que mora, na porta da farmácia em que compra, na porta da mercearia, do supermercado que entrega a compra em casa. A verdadeira e boa pregação é aquela cujo pregador é conhecido na comunidade. Onde todos o conhecem como uma pessoa trabalhadora, creditada e que não está ali em busca de dinheiro e nem interessado em namorar ninguém.

Normalmente a verdadeira e boa pregação procede de onde ninguém esperava. Já tive essa experiência e muitos dos nossos irmãos se lembram disso. Não foi somente uma vez, mas, muitas. Destacando Uma: Certa vez, depois de um grande e dispendioso congresso – sexta, sábado, domingo e segunda-feira.  Só que na segunda-feira os pregadores já haviam se despedido, então, não havia pregador para aquela noite de segunda-feira, com a Igreja superlotada. Mas, no decorrer do culto comuniquei ao Pastor João Batista que seria ele o pregador naquela noite! Notei que ele ficou, assim, meio apreensivo diante da multidão. Tratava-se de uma pessoa do nosso convívio e conhecido praticamente de todos. Finalizando, nem ele e nem eu e nem os irmãos poderia imaginar o que Deus fez naquele culto, com operação de milagres e muitas maravilhas.

Pastor João Batista, ainda hoje está na nossa cidade, liderando uma das Igrejas Batista Vale das Bênçãos. Humilde servo de DEUS! Sua esposa também é uma serva de Deus e abençoada nas suas pregações.  Não sou triunfalista, mas recomendo: à medida em que você investir na obra de Deus, Ele investirá na tua vida. INVESTIR que eu digo, é primar pelo cuidado com o rebanho do Senhor, pela boa ordem. Não permitindo nunca que a Igreja se torne motivo de escândalo na comunidade em que está e nem fora dela.

Pr. Jorge Albertacci
Assembleia de Deus do Retiro
Volta Redonda - RJ
______



3

 
CONSEQUÊNCIA DA INVERSÃO DOS VALORES
 
O desvio evidente nas pregações nestes últimos dias, está na falta de convicção do que se prega, na falta conversão do pregador a Cristo, na falta de temor a Deus na falta de arrependimento e consequentemente de comunhão com o Espírito Santo do Senhor. Este tem sido um dos grandes males que a Igreja do Senhor de forma incomplacente tem sofrido nos tempos pós-modernos.
 
Não temos como negar que somos os pregadores da última hora. Jesus está voltando. Todas as evidências indicam que a Igreja do Senhor está vivendo seus últimos momentos neste mundo. Todos os acontecimentos destes últimos dias patenteiam a iminente volta de Jesus para arrebatar os crentes.
 
A Igreja necessita urgentemente de pregadores nos moldes de Jesus, simples, mas, poderosos na Palavra. Poderoso na Palavra mas manso e humilde coração. Poderoso na Palavra, mas, cuidadoso para que todos entendam o que pregam. Poderoso na Palavra, mas, suave na pregação.
 
De nada adianta o pegador ficar gritando uma hora inteira que no final vai acontecer milagres nunca vistos e ao terminar o povo está desorientado pior do quando chegou ao recinto da pregação sem sequer uma alma se render aos pés do SENHOR.

 
Pr. Jorge Albertacci
Assembleia de Deus do Retiro
Volta Redonda - RJ
 
______


4
 
 
DESAFINAÇÃO

Pior do que um auditório incrédulo e irreverente, é o pregador não ter convicção do que prega – prega tão somente porque teoricamente sabe, mas, que, ainda não sofreu uma experiência profunda com o Espírito Santo. O processo do arrependimento ainda atingiu todo o seu ser.

Ao pregar, além da necessidade de dominar o que se pretende expor, é extremamente necessário também, que o pregador tenha sua vida inteiramente dedicada ao SENHOR JESUS e não seja ganancioso por dinheiro e nem inconveniente para com a Igreja.
 
Pr. Jorge Albertacci
Assembleia de Deus do Retiro
Volta Redonda – RJ
 
______


5
 
NOSSAS VIDAS

Levantai os olhos para os céus e olhai para a terra embaixo, porque os céus desaparecerão como a fumaça, e a terra envelhecerá como um vestido, e os seus moradores morrerão como mosquitos, mas a minha salvação durará para sempre, e a minha justiça não será anulada (Isaías 51:6).
 
Virá tempo em que a vida pertencerá exclusivamente aos que estiverem com o autor dela morando em seus corações. Porque a vida não consiste meramente neste momento terreno, mas, muito mais do que isto, nossas vidas está no porvir, ou seja, no futuro, e não nas coisas efêmeras, mas com tudo de bom em sua plenitude, melhor dizendo: na eternidade com JESUS CRISTO.

Nossas vidas podem ser tremendamente prejudicadas se não mantermos, durante o tempo em que estivermos aqui – uma comunhão estreita com Jesus. Nossas almas almejam o céu!  Ali quero ir, e tu?
 
Pr. Jorge Albertacci
Assembleia de Deus do Retiro
Volta Redonda - RJ
 
______


6
 
 
A VOZ QUE CLAMA
(John Bevere)

Arrependimento, esse é o assunto central abordado por John Bevere em “A voz que clama.”  Estamos cada vez mais próximos da vinda de Jesus, e para que sejamos a noiva sem mácula devemos encontrar o verdadeiro arrependimento, nos converter genuinamente, ter um coração sedento por fazer a vontade de Deus. Muitas pessoas não conseguem abandonar seus pecados porque não se arrependeram verdadeiramente deles, elas apenas não querem lidar com suas consequências. O arrependimento verdadeiro só nasce através da motivação certa, que é agradar a Deus. A pregação de João Batista era clara e ainda é válida para os dias de hoje: “Arrependam-se, pois o Reino dos céus está próximo.“

 
Pr. Jorge Albertacci
Assembleia de Deus do Retiro
Volta Redonda - RJ


______


7
 
NOSSAS ORAÇÕES

(Efésios 3:20-21)
 
“Ora, àquele que é poderoso para fazer tudo muito mais abundantemente além daquilo que pedimos ou pensamos, segundo o poder que em nós opera,  a esse glória na Igreja, por Jesus Cristo, em todas as gerações, para todo o sempre. Amém!”
 
 
Tudo quanto imaginamos que Deus pode fazer por nós através das nossas orações, não indica em termos reais o que Ele não somente pode, mas, deseja e faz por todos os Seus filhos. No texto supracitado, Paulo, o apóstolo do Senhor, dá-nos uma explicação valiosa quanto este assunto.
 
 
Certa noite enquanto eu transitava pela nave do templo da nossa Igreja em direção ao púlpito, fui abordado por um irmão, muito amado, que me perguntou: Pastor, Deus ouve todas as orações do Seu povo? Ao que eu prontamente lhe respondi, sim irmão, Ele ouve com certeza – até nós ouvimos enquanto estiver ao alcance dos nossos ouvidos. Continuando ele disse: então pastor, se Deus ouve, porque que existe tantas orações sem resposta? Ao que eu lhe disse: irmão, Deus está sempre nos respondendo, nós é que nem sempre prestamos atenção. Mas, ele prossegue: Pastor, eu estou falando de enfermidades que não são curadas e muitos outros pedidos que fazemos a Ele. Bem, nesse momento foi que lhe dei a resposta que ele precisava, não somente ouvir, mas, entender também: Eu disse a ele: Irmão, Deus ouve todas as vezes que oramos, mas, nem sempre Ele escuta – Ele ouve, mas, não escuta! Assim como nós, ouvimos tantas doutrinas sobre Ele, mas, na verdade nem sempre as escutamos – não voltamos nossa atenção à Sua Palavra – não atentamos para escutar. Ouvimos pregações, e ensinamentos, mas, dificilmente nós nos dispomos a ESCUTAR O NOSSO DEUS! Mesmo Seu amor excedendo a todas as nossas expectativas, precisamos ESCUTAR o que OUVIMOS sobre Ele.
 
Finalmente, assim, ficamos entendidos.
 
Pr. Jorge Albertacci
Assembleia de Deus do Retiro
Volta Redonda - RJ
 
 
______

 
8

 
T E S T E M U N H A N D O    S E M P R E
 
É extremamente necessário que testemunhemos que Jesus vive e que Ele está às portas para arrebatar a Sua Igreja. Bem como é necessário investirmos o quanto pudermos em Folhetos, Evangelhos, Novos Testamentos, Bíblias, e todo o tipo de literatura que testemunhe de Jesus. Promover reuniões evangelísticas na Igreja e nas residências dos irmãos, afim de que todos sejam conscientizados desta responsabilidade.
 
Tirar a luz que está embaixo do alqueire e coloca-la sobre o velador, desenclausurar-se. (Jr 15:19).
 
“Portanto, assim diz o SENHOR: Se tu voltares, então, te trarei, e estarás diante da minha face; e, se apartares o precioso do vil, serás como a minha boca; tornem-se eles para ti, mas não voltes tu para eles. O crente é a boca de Deus! Sim o crente é a boca de Deus, ou então ele não é nada, mas como pode o crente ser a boca de Deus?”
 
A resposta está no versículo acima: separando o precioso do vil, apresentando seu corpo ao Senhor em sacrifício vivo, santo e A G R A D Á V E L   a Deus - (Rm 12:1-2) – “Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis o vosso corpo em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. E não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.”
 
O Sal da Terra: Os salvos são o sal da terra, a Igreja do Senhor Jesus é o sal da terra. Jesus disse em Mateus 5:13: “Vós sois o sal da terra; e, se o sal for insípido, com que se há de salgar? Para nada mais presta, senão para se lançar fora e ser pisado pelos homens.”

 
Pr. Jorge Albertacci
Assembleia de Deus do Retiro
Volta Redonda - RJ
 
______


9
 
 
PRIMEIRO CULTO DA FAMÍLIA

19/07/2005
Salmo 128
 
1. Familia no plano de Deus Pai – No princípio;
 
 
2. A Familia no plano patriarcal – Eu e minha casa serviremos ao Senhor;
 
 
3. Família no plano de Deus Filho – Jesus criado em Família e esteve nas Bodas de Caná;
 
4. Família no plano do Espírito Santo – O Batismo na casa de Cornélio;
 
 
5. Família no plano apostólico – O carcereiro de Filipos;
 
 
6. Família na Idade Média –  Líderes religiosos deixaram de se  casar -  Veio a depravação e culminou com a Reforma do século XVI;
 
 
7. Família no plano do homem só para os de Bom Senso  – Machismo X Feminismo, o que na verdade resulta em nem uma coisa e nem outra;
 
8. A Família no plano da Igreja – Para a Igreja a Família é a Célula Mater da Sociedade;
 
 
9. Finalmente: Jesus o Esposo – A Igreja a Esposa.
 
 
Pr. Jorge Albertacci
Assembleia de Deus do Retiro
Volta Redonda - RJ
 
  
   
 
 
 
 
 
 
 
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal