O Amor Que Deus Espera de Nós - Estudos Bíblicos

Buscar
Ir para o conteúdo

Menu principal:

O Amor Que Deus Espera de Nós

Pr. José Edson
Pr. José Edson
_______________________________________ 


“Disse-lhe terceira vez: Simão, filho de Jonas, amas-me? Simão entristeceu-se por lhe ter dito terceira vez: Amas-me? E disse-lhe: Senhor, tu sabes tudo; tu sabes que eu te amo”  (João 21.17).

INTRODUÇÃO

Jesus veio ao mundo por causa do amor de Deus O Pai por toda a humanidade. Jesus deu a Sua vida até a morte, quando deu Seu ultimo suspiro na cruz do Calvário.

COMENTÁRIO

No princípio do Seu ministério, Jesus buscou homens simples e comuns para com Ele levar a efeito a maior expressão do amor de Deus à humanidade. Eles viram, sentiram, e desfrutaram do amor de Jesus: socorrendo os deficientes para curá-los, os pobres para salva-los e os oprimidos para libertá-los do domínio dos demônios. Jesus pregava, ensinava e curava. Dava Sua atenção a todos, desde o mendigo Bartimeu, até ao mais influente doutor da Lei, Nicodemos.  Aqueles que O acompanhavam, encontraram nele o amor sincero, sabedoria, e a certeza de uma vida feliz, segura e eterna junto a Ele no céu, de onde Ele veio. Ele dizia: “Na verdade, na verdade vos digo que quem ouve a minha palavra e crê naquele que me enviou tem a vida eterna e não entrará em condenação, mas passou da morte para a vida” (João 5.24).

O Pai manifestou o Seu amor aos homens,  quando dispensou o Seu Filho do céu para à terra, afim de dar a Sua própria vida por todos. Mas Seus próprios discípulos O abandonaram no momento mais crítico do Seu ministério terreno, quando Ele foi preso e levado a julgamento - e muitos da multidão que Ele alimentou, ensinou, clamavam a todo pulmão: Crucifica-O, Crucifica-O!

Jesus sofreu a terrível dor do abandono de todos, até mesmo do Seu próprio Pai quando clamou: “E, perto da hora nona, exclamou Jesus em alta voz, dizendo: Eli, Eli, lemá sabactâni, isto é, Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste?” (Mateus 27.46). Isto por que, Jesus veio para este fim: levar sobre Si todos os nossos pecados e o Pai não podia intervir contra o Seu próprio propósito.

ARGUIÇÃO DE JESUS A PEDRO

Depois da morte e ressurreição de Jesus, Pedro que havia sido chamado para ser pescadores de homens; chamou seus companheiros para juntos pescarem; mas naquela noite, nada apanharam e logo depois do milagre da pesca maravilhosa,  Jesus chamou-os para o jantar. Foi nesse momento, que diante dos demais, Jesus perguntou a Pedro por três vezes se ele O amava, e na última vez que Jesus fez a mesma pergunta, Pedro não se conteve. "Simão Pedro entristeceu-se por lhe ter dito terceira vez: Amas-me? E disse-lhe: Senhor, tu sabes tudo; tu sabes que eu te amo. Jesus disse-lhe: Apascenta as minhas ovelhas.” (João 21.17).

A primeira vez que o Jesus perguntou; Pedro respondeu que O amava. Mas era um amor de palavras - aquele tipo de amor verbal, lisonjeiro, interesseiro, que não sai do coração. Um amor declarado, mas não praticado. E não é esse tipo de amor que Jesus que Jesus queria de Pedro, como quer de todos nós.

Na segunda vez, Jesus o perguntou se realmente, O amava, e ele respondeu que sim. Mas era um amor sentimental. Que faz chorar, se emocionar e se apaixonar. Um amor que revoluciona o interior; mas indiferente ao amor sacrificial. E ainda não era este amor que Jesus queria de Pedro.

Por final, creio que Jesus olhou bem nos olhos de Pedro e lhe perguntou pela terceira vez: "Tu me amas?" Como que buscando de Pedro o verdadeiro amor. Então Pedro entendeu que Jesus estava esperando dele o amor sincero.

Muito embora, Pedro ter pecado negando o Senhor por três vezes, ter sido egoísta e precipitado. Jesus queria tão simplesmente a sinceridade no seu amor. Quem não é sincero, é porque é hipócrita, falso e mascarado. Mesmo na religião, por mais piedoso e dedicado que seja, se não amar com sinceridade, não é conhecido do Senhor  (Mateus 7.21-23). Quem ama com sinceridade é verdadeiro, é real, é original, é valioso, é de Deus.

CONCLUSÃO

Prezado leitor, mostre o seu amor sincero a Deus e diga-lhe que reconheces que és um pecador e que não está satisfeito com essa vida e que gostaria de ter dele o perdão, a libertação e a transformação da sua vida. Porque Ele atende um coração que O ama com sinceridade.

_______________________________________ 

Pastor José Edson
É Líder da Assembleia de Deus em Barra Mansa
Av. Presidente Kennedy, 1502 – Ano Bom
Barra Mansa – Rio de Janeiro
 
 
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal