A Casa de Deus - Estudos Bíblicos

Buscar
Ir para o conteúdo

Menu principal:

A Casa de Deus

Estudos Bíblicos
 
A CASA DE DEUS

Salmos 26:8; 84:1-4
 
“Eu amo SENHOR, a habitação da Tua casa  
e o lugar onde a Tua glória assiste”

 
INTRODUÇÃO
 
Os salvos da atual dispensação tem o privilégio de ser habitação do Senhor, na bendita Pessoa do Seu Santo Espírito conforme afirmou o apóstolo Paulo em sua carta aos Efésios 2:19-22:  Assim que já não sois estrangeiros, nem forasteiros, mas concidadãos dos Santos e da família de Deus;  edificados sobre o fundamento dos apóstolos e dos profetas, de que Jesus Cristo é a principal pedra da esquina;  no qual todo o edifício, bem ajustado, cresce para templo santo no Senhor,  no qual também vós juntamente sois edificados para morada de Deus no Espírito.
 
Sendo assim, onde estiver um salvo por Jesus, ali está Sua morada. Ressaltando todavia que, jamais terei a intenção de tentar descaracterizar o local onde o povo de Deus se reúne como Casa de Deus, ou Igreja, por ser o local onde os irmãos se reúnem para prestar culto a Ele, bem como, para confraternizarem pela alegria de poder estarem juntos na Sua santa presença.  Não era diferente na Antiga Aliança, pois a Palavra de Deus nos mostra que a presença de um santo do Senhor podia determinar esse lugar como Casa de Deus. E na Igreja Primitiva também, conforme podemos notar no Livro Atos dos Apóstolos, principalmente, a partir do capítulo um, até ao oito.

A PROMESSA DE JESUS

Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim. Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito, pois vou preparar-vos lugar. E, se eu for e vos preparar lugar, virei outra vez e vos levarei para mim mesmo, para que, onde eu estiver, estejais vós tambéns.

Esse lugar na Casa do Pai está preparado para todos aqueles que teem fé - que tem esperança e que confiam nAquele que prometeu.
 
ESBOÇO
 
ISAQUE MANDA JACÓ IR À CASA DE SUA TIA
 
“E temeu e disse: Quão terrível é este lugar! Este não é outro lugar senão a Casa de Deus; e esta é a porta dos céus”
   – Gênesis 28:17.
 
OS FILHOS DE CORÉ – COMO O CERVO
 
“Quando me lembro disto, dentro de mim derramo a minha alma; pois eu havia ido com a multidão; fui com eles à Casa de Deus, com voz de alegria e louvor, com a multidão que festejava”
    Salmos 42:4.
 
UMA COISA PEDI – DAVI
 
“Uma coisa pedi ao SENHOR e a buscarei: que possa morar na Casa do SENHOR todos os dias da minha vida, para contemplar a formosura do SENHOR e aprender no seu templo”
   – Salmos 27:4.
 
A FELICIDADE DOS QUE HABITAM NA CASA DE DEUS – CORÉ
 
“Quão amáveis são os teus tabernáculos, SENHOR dos Exércitos!   A minha alma está anelante e desfalece pelos átrios do SENHOR; o meu coração e a minha carne clamam pelo Deus vivo.  Até o pardal encontrou casa, e a andorinha, ninho para si e para a sua prole, junto dos teus altares, SENHOR dos Exércitos, Rei meu e Deus meu.  Bem-aventurados os que habitam em tua casa; louvar-te-ão continuamente” (Selá).
   – Salmo 84:1-4.
 
O VALOR DA CASA DE DEUS – ATÉ EM ESTAR À PORTA
 
“Porque vale mais um dia nos teus átrios do que, em outra parte, mil. Preferiria estar à porta da Casa do meu Deus, a habitar nas tendas da impiedade”
   – Salmos 84:10.
 
O SALMISTA APONTA PARA A ENTRADA DOS JUSTOS
 
“Esta é a porta do SENHOR, pela qual os justos entrarão”
   – Salmos 118:20.
 
DAVI JÁ SE SENTIA ALEGRE ATÉ EM RECEBER O CONVITE
 
“Alegrei-me quando me disseram: Vamos à Casa do SENHOR!” – Salmos 122:1.
 
A EMPOLGAÇÃO DE PEDRO NO MONTE DA TRANSFIGURAÇÃO
 
“E Pedro, tomando a palavra, disse a Jesus: Senhor, bom é estarmos aqui; se queres, façamos aqui três tabernáculos, um para ti, um para Moisés e um para Elias”
   – Mateus 17:4.
 
JESUS PROMETE IR À CASA DO PAI PREPARAR-NOS LUGAR
 
“Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim.  Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito, pois vou preparar-vos lugar.  E, se eu for e vos preparar lugar, virei outra vez e vos levarei para mim mesmo, para que, onde eu estiver, estejais vós também”
   – João 14:1-3.
 
PEDRO PREFERIU FICAR COM JESUS
 
“Respondeu-lhe, pois, Simão Pedro: Senhor, para quem iremos nós? Tu tens as palavras da vida eterna”
   – João 6:68.
 
A CASA DE DEUS - CASA DE ORAÇÃO
 
“E os ensinava, dizendo: Não está escrito: A minha casa será chamada por todas as nações casa de oração? Mas vós a tendes feito covil de ladrões
   – Marcos 11:17.
 
CONCLUSÃO
 
“Entrarei na Tua casa e me prostrarei diante do Teu santo templo no Teu temor” 
   Salmos 5:7
 
Na verdade, na atual dispensação, a casa de Deus somos nós mesmos, como a Palavra afirma: “santuário do Espírito Santo” - (1Coríntios 3:16). Contudo, o local onde nossa Igreja congrega, nosso lugar de adoração, pode ser chamado de Templo também e deve ser respeitado por todos os santos como um lugar especial para Igreja sentir a presença de Deus. Onde nos reunimos com nossos irmãos e onde aprendemos e passamos pelas maiores experiências de nossas vidas, não podendo, todavia ser considerado o Templo do Senhor como qualquer outro lugar, senão a Casa de Deus.
 
Meu principal objetivo neste estudo é incentivar o povo de Deus a devotar todo respeito à Casa do Senhor. Onde os santos se reúnem para buscar a Deus em oração. Para prestar louvores ao Seu santo nome. Para celebrar a Santa Ceia, enfim, para prestar a honra que lhe é devida.  Entendo perfeitamente que “O Deus que fez o mundo e tudo que nele há, sendo Senhor do céu e da terra, não habita em templos feitos por mãos de homens”
   – Atos  17: 24.
 
É obvio que neste versículo, Paulo estava exortando os atenienses pela pluralidade de altares erigidos por toda cidade. Sendo que cada um desses altares era para prestar culto a um deus. Duas coisas impulsionavam os atenienses em manterem esses altares na cidade: a – Uma coisa é que eles esperavam ser abençoados por esses deuses; b – Outra coisa é que eles tinham medo de serem amaldiçoados pelos mesmos. Daí, a pluralidade de altares, bem como de deuses. Todavia, entre tantos altares, Paulo encontrou um, ao Deus desconhecido – ao Deus Eterno – ao Deus do Céu.
 
Em face a essas discrepâncias foi que Paulo passou a lhes orientar que o Deus que fez todas as coisas não habita nesses lugares, assim como, eles pensavam.  A alusão do apóstolo do Senhor neste versículo, sugere-nos a meditar também em Isaías 61:1-2:
 
“Assim diz o SENHOR: O céu é o meu trono, e a terra, o escabelo dos meus pés. Que casa me edificaríeis vós? E que lugar seria o do meu descanso? Porque a minha mão fez todas estas coisas, e todas estas coisas foram feitas, diz o SENHOR; mas eis para quem olharei: para o pobre e abatido de espírito e que treme diante da minha palavra”
 
Que o Espírito Santo de Deus possa encontrar corações vazios, para fazer destes, Sua habitação e que cada santo, assim como na Igreja Primitiva não despreze a Casa de Deus:
 
“E, perseverando unânimes todos os dias no templo e partindo o pão em casa, comiam juntos com alegria e singeleza de coração”
   – Atos  2:46.
 
“E todos os dias, no templo e nas casas, não cessavam de ensinar e de anunciar a Jesus Cristo” 
   – Atos  5:42.
 
“E estavam sempre no templo, louvando e bendizendo a Deus. Amém!”
   – Lucas  24:53.
 
“Não deixando a nossa congregação, como é costume de alguns; antes, admoestando-nos uns aos outros; e tanto mais quanto vedes que se vai aproximando aquele Dia”
   – Hebreus  10:25.
 
“E aconteceu que, tornando eu para Jerusalém, quando orava no templo, fui arrebatado para fora de mim”
   – Atos  22:17.
 
“E era trazido um varão que desde o ventre de sua mãe era coxo, o qual todos os dias punham à porta do templo chamada Formosa, para pedir esmola aos que entravam”
   – Atos 3:2.
 

Jorge Albertacci
Pastor Emérito da Igreja Evangélica Assembleia de Deus do Retiro.
Volta Redonda – Rio de Janeiro.
 
 
 
 
 
 
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal