Cinco elementos que causaram a morte de Israel - Estudos Bíblicos

Buscar
Ir para o conteúdo

Menu principal:

Cinco elementos que causaram a morte de Israel

Esboços
Ezequiel 37:11-14

CINCO ELEMENTOS QUE CAUSARAM A MORTE DE ISRAEL

___________________________________________________________________________________________


INTRODUÇÃO

Desde o princípio da criação, o desleixo com as coisas de Deus sempre entre os principais motivos de perdas, derrotas e até mesmo de morte física e espiritual. O grande causador deste mal sempre foram as astutas ciladas de Satanás adicionadas ao relaxamento do homem para com as recomendações do Criador. Cada dispensação, cada geração, cada povo deixa uma hostória para sua posteridade, assim como aconteceu com o primeiro casal, ainda no Éden que foram expulsos por força da desobediência a Deus (Gênesis 3:7-24). 

___________________________________________________________________________________________

ESOBOÇO

___________________________________________________________________________________________


1. NÍVEL BAIXÍSSIMO DE FÉ

Sem fé é impossível agradar a Deus - Hb 11:6 - Porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo, e esta é a vitória que vence o mundo – 1João 5:4.   Vencer o mundo, não é ficar rico da noite para o dia, mas é estar com Cristo em qualquer circunstância. Não é viver sem lutas, mas é sofrer as aflições como bom soldado, é ser fiel até a morte. Ter fé significa estar sempre atento às coisas de Deus.

___________________________________________________________________________________________


2. INSENSIBILIDADE: – (SECULARISMO)

Eles ouviam o Profeta como que se fosse um show de artista 
E tornarei a terra em assolação e espanto, e cessará a soberba da sua força; e os montes de Israel ficarão tão assolados, que ninguém passará por eles. Então, saberão que eu sou o SENHOR, quando eu tornar a terra em assolação e espanto, por todas as abominações que cometeram. Quanto a ti, ó filho do homem, os filhos do teu povo falam de ti junto às paredes e nas portas das casas; e fala um com o outro, cada um a seu irmão, dizendo: Vinde, peço-vos, e ouvi qual seja a palavra que procede do SENHOR. E eles vêm a ti, como o povo costuma vir, e se assentam diante de ti como meu povo, e ouvem as tuas palavras, mas não as põem por obra; pois lisonjeiam com a sua boca, mas o seu coração segue a sua avareza. E eis que tu és para eles como uma canção de amores, canção de quem tem voz suave e que bem tange; porque ouvem as tuas palavras, mas não as põem por obra. Mas, quando vier isto (eis que está para vir), então, saberão que houve no meio deles um profeta.

E veio a mim a palavra do SENHOR, dizendo: Filho do homem, profetiza contra os pastores de Israel; profetiza e dize aos pastores: Assim diz o Senhor JEOVÁ: Ai dos pastores de Israel que se apascentam a si mesmos! Não apascentarão os pastores as ovelhas? (Ez 33:28-33; Ez 34:1-2; Tg 1:22).

___________________________________________________________________________________________


3. FORMALISMO: – PERDA DA TRANSCENDÊNCIA DE DEUS

Formalismo é o novo sistema das coisas, é aquilo que procura adequar a Igreja a um contexto mundano e consequentemente o crente passa a:

a) - Não ter mais o sotaque do Céu; 
b) - Mistura com o mundo;
c) - Somente se sente bem estando na roda dos escarnecedores; 
d) - Palavreados de incrédulos; más conversações, meio santa e meio mundana.

(1Coríntios 15:33) - Não vos enganeis: as más conversações corrompem os bons costumes. - O testemunho de Neemias: (Nee 13:23-25).

Precisamos preservar os Pastores de cabeça branca - preservar os marcos antigos (Provérbios 22:28).

___________________________________________________________________________________________


4. DESCRENÇA NOS MÉRITOS DIVINOS

Enxovalhavam e vilipendiavam o nome do Senhor. Não mais criam no poder de Deus por não ver operação de milagres. Eles se encontravam tão desviados, tão distanciados de Deus, que não tinham  mais motivos para se crer em nada (Mc 6:5).

___________________________________________________________________________________________


5. AUSÊNCIA DE SANTIDADE NA VIDA

Assim como nos nossos dias: 
a) - Corrupção generalizada; 
b) - Política;
c) - Cantores Gospel;
d) - Pregadores triunfalistas;
e) - Pastores – Sacerdotes e Reis (Ez 34:2)
f) - Contaminação generalizada nos meios de comunicação: Rádios, televisão, Jornal escrito, Internet; 
g) - E Consequentemente Um Vale de Ossos Secos (Ez 37:11).

Eu mesmo buscarei as minhas ovelhas (Ez 34:11)
a) - Deus coloca o profeta no meio do vale de ossos secos (Ez 37:1);
b) - Deus pergunta ao profeta: poderão viver esses ossos? Ezequiel responde: Tu sabes Senhor (Ez 37:3);
c) - E disse o Senhor a Ezequiel: profetiza sobre esses ossos, e dizei-lhes: ossos secos ouvi a palavra do Senhor (Ez 37:4);
d) - A influência de Ezequiel naquele vale de ossos secos: Sal da Terra - Luz do Mundo; 
e) - O povo de Deus não pode ser influenciado pelo mundo.

___________________________________________________________________________________________


CONCLUSÃO

Trazendo para os nossos dias e como povo de Deus que somos, toda vigilância é pouca: 
Quanto a Santa Ceia, Paulo alerta: Por causa disso, há entre vós muitos fracos e doentes e muitos que dormem (1 Coríntios 11:30)
O principal motivo da Santa Ceia é lembrarmos do Senhor
Olharmos par trás = retrospectivo; - para frente = expectativo; e para dentro de nós = introspectivo. O crente que mantém comunhão estreita com o Senhor, jamais morrerá - este é o propósito da Nova Aliança:
Pelo que diz: Desperta, ó tu que dormes, e levanta-te dentre os mortos, e Cristo te esclarecerá (Efésios 5:14).

___________________________________________________________________________________________

Pastor Jorge Albertacci 
Volta Redonda - Rio de Janeiro

 
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal