E você, está sendo bem cuidadoso com sua imagem? - Estudos Bíblicos

Buscar
Ir para o conteúdo

Menu principal:

E você, está sendo bem cuidadoso com sua imagem?

Evangelismo e Missões
Às vezes você se resguarda tanto, mas, diante do avanço da tecnologia, com a aparição dos mais lindos e sofisticados aparelhos, como Computadores Desktops, All-in-Ones, tabletes, celulares e programas, é normal que você por fim acaba aderindo à Internet, mas, de forma inconspícua, receoso de se expor para o mundão através da Grande Rede.

Claro que é por demais bom, a pessoa poder estar quietinha no seu canto, sossegada e bem escondidinha. Se tiver de se comunicar com alguém via Facebook o faz inbox, porque assim sua imagem fica bem preservadinha! Que bom! Afinal de contas, se expor nos dias atuais é um caso sério, considerando tantas coisas ruins que acontecem. Mas, isto não é novidade; João, o apóstolo do Senhor, em sua primeira carta 5:19, afirmou que o mundo todo está no maligno.

Todavia, como servo de Deus, você não deve ficar assim, você tem que lançar a rede em alto mar. Enfrentar ondas tempestuosas, ventanias, intempéries e o próprio Satanás, mas ir em frente, anunciando as Boas Novas do Evangelho do Senhor. Custe o que custar. Como sal, você além de produzir seus bons resultados, tem que se gastar. O sal tempera, equilibra o sabor, preserva para não apodrecer, quando usado segundo o que recomenda os médicos, equilibra a pressão arterial, provoca sede, promove a vida, mas, ele se gasta.

Pedro, por sua vez, só andou sobre as águas do mar, contrariando a lei da gravidade, porque ele estava lá em alto mar. Enclausurado, jamais você será orientado a lançar a rede para o lado direito e nem para o esquerdo. Enclausurado você só vai despertar o povo ao seu redor se você morrer.

Você foi chamado por Jesus para falar do Seu amor ao mundo, da Sua graça e da Sua eterna salvação, logo, se você não for ao mundo, o mundo não irá a você, se você não for ao mundo o mundo não conhecerá a Igreja e consequentemente não conhecerá a Jesus. Foi sobre essa ótica que Pedro, apóstolo de Jesus, afirmou: porque não podemos deixar de falar do que temos visto e ouvido, Atos, 4:20.  Inconspícuo, embaixo do alqueire, até que você pode orar pelo mundo inteiro, mas, pedindo o quê? Pedindo a Deus para levar a Palavra Dele onde os pecadores estão. Mandando a Deus visitar os pecadores, as viúvas, os órfãos, os presos, e os doentes?

Ouvindo uma musicazinha sacra bem enternecedora, maviosa, ao jejum e oração, isto durante o dia, porque à noite você vai desaparecer para o monte para orar! Que bom estar a sós com Deus! Lembre-se de que Jesus pode ter lhe dado um talento, veja isto em Mateus 25:24-28. "Mas, chegando também o que recebera um talento disse: Senhor, eu conhecia-te, que és um homem duro, que ceifas onde não semeaste e ajuntas onde não espalhaste; e, atemorizado, escondi na terra o teu talento; aqui tens o que é teu."

Respondendo, porém, o seu senhor, disse-lhe: Mau e negligente servo; sabes que ceifo onde não semeei e ajunto onde não espalhei; devias, então, ter dado o meu dinheiro aos banqueiros, e, quando eu viesse, receberia o que é meu com os juros. Tirai-lhe, pois, o talento e dai-o ao que tem os dez talentos. É sobre este ponto de vista, que devemos ver o mundo – lá fora. Lá fora, até mesmo porque, lá dentro dos grandes ou pequenos templos está lotado de irmãos sendo alimentados com a Palavra do Senhor, o que é muito bom! Mas, e lá fora? Bem, a não ser que lá dentro estejam todas as pessoas do seu bairro, se alimentando também. Eu não posso subestimar sua capacidade de levar muitas e muitas pessoas para a Igreja.

O homem mais importante de todos os tempos e que já passou por este mundo, Jesus, nosso salvador - Isaías, assim falou sobre Ele, cerca de setecentos anos antes do Seu nascimento:
 
"Porque foi subindo como renovo perante ele e como raiz de uma terra seca; não tinha parecer nem formosura; e, olhando nós para ele, nenhuma beleza víamos, para que o desejássemos. Era desprezado e o mais indigno entre os homens, homem de dores, experimentado nos trabalhos e, como um de quem os homens escondiam o rosto, era desprezado, e não fizemos dele caso algum. Verdadeiramente, ele tomou sobre si as nossas enfermidades e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputamos por aflito, ferido de Deus e oprimido" - (Isaías 53:2-4).
 
Ele não se hesitou em carregar a cruz que era nossa em plena via públia e sob os olhares dos seus algozes, para nos livrar do castigo eterno. Ele abdicou do Seu direito, de Sua força (Mateus 26:53). Ele se expôs ao máximo para que fosse manifestada a graça de Deus Pai ao mundo inteiro (Tt 2:11). Sobre essa maravilhosa graça o Salmista fez menção em seu lindo poêma (Salmos 98:3) "Lembrou-se da sua benignidade e da sua verdade para com a casa de Israel; todas as extremidades da terra viram a salvação do nosso Deus."  Bem o vaticínio do profeta messiânico, Isaías: "O SENHOR desnudou o seu santo braço perante os olhos de todas as nações; e todos os confins da terra verão a salvação do nosso Deus" (Isaías 52:10).


Volta Redonda - Rio de Janeiro
Assembleia de Deus 
Pr. Jorge Albertacci
 
 
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal