Milagre, Sinal Incontestável da Presença de Deus - Estudos Bíblicos

Buscar
Ir para o conteúdo

Menu principal:

Pentecostes Ontem e Hoje
Milagre, Sinal Incontestável da Presença de Deus

Mateus 11.1-6; João 20.30-31

Mateus 11.1-6
1 - E aconteceu que, acabando Jesus de dar instruções aos seus doze discípulos, partiu dali a ensinar e a pregar nas cidades deles. 2 - E João, ouvindo no cárcere falar dos feitos de Cristo, enviou dois dos seus discípulos - 3 - a dizer-lhe: És tu aquele que havia de vir ou esperamos outro? 4 - E Jesus, respondendo, disse-lhe: Ide e anunciai a João as coisas que ouvis e vedes: 5 - Os cegos veem, e os coxos andam; os leprosos são limpos, e os surdos ouvem; os mortos são ressuscitados, e aos pobres é anunciado o evangelho. 6 - E bem-aventurado é aquele que se não escandalizar em mim.

João 20
30 - Jesus, pois, operou também, em presença de seus discípulos, muitos outros sinais, que não estão escritos neste livro. 31 - Estes, porém, foram escritos para que creiais que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus, e para que, crendo, tenhais vida em seu nome.
 
INTRODUÇÃO
 
“Varões israelitas, escutai estas palavras: A Jesus Nazareno, varão aprovado por Deus entre vós com maravilhas, prodígios e sinais, que Deus por ele fez no meio de vós, como vós mesmos bem sabeis” (At 2.22).
 
MILAGRES
 
Os milagres são acontecimentos extraordinários que têm como principal objetivo glorificar o nome de Deus, e mostrar a sua soberania sobre todas as esferas da criação.  A Palavra de Deus nos revela a atualidade dos milagres operados por Deus. Lembremo-nos de que os milagres são testemunhos irrefutáveis da ação de Jesus na Igreja. Para Deus nunca houve o impossível! Milagre é a intervenção e ação divina que independe das leis físicas e do fluxo da história. A despeito dos diversos registros de milagres nos Evangelhos e em Atos dos Apóstolos, céticos e teólogos liberais de todas as épocas têm ridicularizado as intervenções extraordinárias de Deus na história. Estes atos sobrenaturais revelam o poder de Cristo sobre as enfermidades, a natureza, a morte, o inferno e o diabo.

SEM FÉ TODAS AS COISAS SE TORNAM IMPOSSÍVEIS

Milagre é a intervenção divina sobre as leis da natureza. Em cada prodígio ocorre uma alteração na ordem natural do Universo. De acordo com as Escrituras, esse modo de Deus se manifestar é um ato de sua soberana vontade e, sob certos aspectos, está sujeito à fé daquele que espera pelo socorro celestial (Mc 11.23,24; Jo 11.40). Uma vez que a história do povo de Deus está repleta de milagres em ambos os Testamentos, podemos afirmar categoricamente que o Cristianismo é a religião dos sinais, milagres e maravilhas.

MILAGRES NO NOVO TESTAMENTO

Uma das marcas do ministério de Cristo foi a operação de milagres, especialmente a cura e a libertação: "E a sua fama correu por toda a Síria; e traziam-lhe todos os que padeciam acometidos de várias enfermidades e tormentos, os endemoninhados, os lunáticos e os paralíticos, e ele os curava" (Mt 4.24 cf. Lc 4.17-19).

Esses milagres cumpriam alguns propósitos específicos: a) testificavam que Ele era o Messias (Mt 11.4,5); b) revelavam que Jesus havia sido enviado pelo Pai (Jo 11.40-42); c) autenticavam a mensagem e o ministério terreno de Jesus (Mc 1.27,28); d) confirmavam a deidade de Cristo (Mc 2.5-12; 3.10-12); e) conduziam os homens à adoração (Mc 2.12); e, f) fortaleciam a fé dos discípulos (Mc 4.40-41). Os prodígios de Cristo proveem socorro e solução para o ser humano aflito. Todavia, seu objetivo principal é conduzir todos a Deus (Jo 20.30-31).

Os milagres revelam o poder de Deus e o Seu controle sobre todas as coisas. Mediante os dons de fé, curas e operações de maravilhas, eles atestam a obra e a manifestação do Espírito Santo na vida Igreja (At 2.43; 4.29-31; 1 Co 12.4-6,9-10). Portanto, busquemos com zelo os dons espirituais, pois, assim como os milagres, são para os dias de hoje.

ATUALIDADE DOS MILAGRES

Infelizmente, não apenas os céticos rejeitam os milagres, mas também alguns cristãos piedosos e tementes a Deus, não creem na atualidade dos milagres. Ora, se a mensagem da salvação é válida para hoje, os milagres também o são. Lembremos que Jesus ensinou a continuidade dos milagres (Jo 14.12).

CONCLUSÃO

Cristo, ainda hoje, dispensa aos seus servos o mesmo poder para operação de maravilhas (Mt 10.8; Jo 1.50; 5.20; 14.12) que conferira a seus discípulos no passado. São milhares os testemunhos de pessoas alcançadas pelas obras extraordinárias operadas pelo Filho de Deus em sua amada Igreja. Essas ocorrências admiráveis são marcas distintivas da doutrina pentecostal, que, não somente permanece, mas, que, permanecerá viva e ativa até o Dia Final da Igreja neste mundo.

____________________

E-mail  
prjorgealbertacci@yahoo.com.br
Subsídio 
Lições Bíblicas CPAD 
1º Trimestre de 2008
Publicação: Pastor Jorge Albertacci
 
 
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal