Ou Uma Coisa ou Otra ou Tudo, ou Nada - Estudos Bíblicos

Buscar
Ir para o conteúdo

Menu principal:

Ou Uma Coisa ou Otra ou Tudo, ou Nada

Teologia do Obreiro III
________

UMA COISA OU OUTRA
1 João 2:15-17 

"Não ameis o mundo, nem o que há no mundo. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele. Porque tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não vêm do Pai, mas sim do mundo. Ora, o mundo passa, e a sua concupiscência; mas aquele que faz a vontade de Deus, permanece para sempre."

INTRODUÇÃO

Considerando o teor do texto em epígrafe, entendemos que o amor ao mundo elimina por completo o amor do Pai Celeste. É impossível que os dois coexistam em uma só pessoa. Ou uma coisa, ou outra, ou tudo, ou nada. Daí o motivo da recomendação do apóstolo Paulo em Romanos 12:2: E não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.

COMENTÁRIO
 
Da nossa não conformação com este mundo, depende nosso direito à entrada para a eternidade com Jesus às Régias Mansões Celestiais. Da nossa não conformação com este mundo, depende nossa transformação como nova criatura, inclusive, com o direito de sermos considerados filhos de Deus e não meramente criaturas João 1:11-14.
 
DAS EXIGÊNCIAS
 
Na cruz, Jesus cumpriu com todos os deveres que pesavam contra nós, Colossenses 2:13-14: “E, quando vós estáveis mortos nos pecados e na incircuncisão da vossa carne, vos vivificou juntamente com ele, perdoando-vos todas as ofensas, havendo riscado a cédula que era contra nós nas suas ordenanças, a qual de alguma maneira nos era contrária, e a tirou do meio de nós, cravando-a na cruz.” Lamentações de Jeremias 3:22-23: As misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos, porque as suas misericórdias não têm fim; Novas são cada manhã; grande é a tua fidelidade. Assim são as misericórdias do Senhor a favor dos Seus filhos, todavia, em nada estas misericórdias podem antepor a justiça de Deus "Dura Lex, Sede Lex" - A seu tempo o escritor aos Hebreus 2:3-4 assim declarou: Portanto, convém-nos atentar com mais diligência para as coisas que já temos ouvido, para que em tempo algum nos desviemos delas. Porque, se a palavra falada pelos anjos permaneceu firme, e toda a transgressão e desobediência recebeu a justa retribuição, Como escaparemos nós, se não atentarmos para uma tão grande salvação, a qual, começando a ser anunciada pelo Senhor, foi-nos depois confirmada pelos que a ouviram; Testificando também Deus com eles, por sinais, e milagres, e várias maravilhas e dons do Espírito Santo, distribuídos por sua vontade?  Ele  pagou o preço, mas recomendou-nos a vivermos em santidade e exclusivamente para Ele. Isto é muito sério! Ele disse aos Seus discípulos em Mateus 16:24-28:  “Então, disse Jesus aos seus discípulos: Se alguém quiser vir após mim, renuncie-se a si mesmo, tome sobre si a sua cruz e siga-me;  porque aquele que quiser salvar a sua vida perdê-la-á, e quem perder a sua vida por amor de mim achá-la-á.  Pois que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro, se perder a sua alma? Ou que dará o homem em recompensa da sua alma?  Porque o Filho do Homem virá na glória de seu Pai, com os seus anjos; e, então, dará a cada um segundo as suas obras.  Em verdade vos digo que alguns há, dos que aqui estão, que não provarão a morte até que vejam vir o Filho do Homem no seu Reino.” É mister, observar que o Senhor Jesus foi enfático em Suas palavras. Nas Suas orientações, nada ficou, que alguém pudesse ter uma desculpa, dizendo que não entendeu.
 
PRESERVADOS PARA O SENHOR
 
Perder um bom negócio é ruim, perder um casamento com quem a gente pretendia, é ainda pior, perder nossa casa, é horrível, perder a saúde não dá nem para explicar. Agora, perder o direito à vida eterna com Cristo, significa ter perdido tudo; porque o trânsitado em julgado no tempo hábil já ocorreu durante dois mil anos e em todas as instâncias cabíveis ficando notório que a punibilidade inextinguível é  perdição eterna.  Não havendo renúncia, não há conversão e não havendo conversão é porque nada se fez novo e se a velha criatura continua, é porque ainda não morremos para o mundo: Gálatas 2:20:  estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne vivo-a na fé do Filho de Deus, o qual me amou e se entregou a si mesmo por mim.

CONCLUSÃO
 
Nossa alma pode ser pedida a qualquer momento da nossa vida, e o que temos, ou, o que tivermos, para quem será? E dou-lhes a vida eterna, e nunca hão de perecer, e ninguém as arrebatará das minhas mãos. Meu Pai, que mas deu, é maior do que todos; e ninguém pode arrebatá-las das mãos de meu Pai. Eu e o Pai somos um. João 10:28-30.  E percorria as cidades e as aldeias, ensinando e caminhando para Jerusalém.  E disse-lhe um: Senhor, são poucos os que se salvam? E ele lhe respondeu:  Porfiai por entrar pela porta estreita, porque eu vos digo que muitos procurarão entrar e não poderão.  Quando o pai de família se levantar e cerrar a porta, e começardes a estar de fora e a bater à porta, dizendo: Senhor, Senhor, abre-nos; e, respondendo ele, vos disser: Não sei de onde vós sois,  então, começareis a dizer: Temos comido e bebido na tua presença, e tu tens ensinado nas nossas ruas.  E ele vos responderá: Digo-vos que não sei de onde vós sois; apartai-vos de mim, vós todos os que praticais a iniquidade. Ali, haverá choro e ranger de dentes, quando virdes Abraão, e Isaque, e Jacó, e todos os profetas no Reino de Deus e vós, lançados fora. E virão do Oriente, e do Ocidente, e do Norte, e do Sul e assentar-se-ão à mesa no Reino de Deus.  E eis que derradeiros há que serão os primeiros; e primeiros há que serão os derradeiros. Lucas 13:22-30. 
________


Pr. Jorge Albertacci
 Assembleia de Deus do Retiro
Volta Redonda - RJ
 
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal